Acadêmicos da Abolição busca seu primeiro título contando a história do arroz

 

A Acadêmicos da Abolição desfilou na Sapucaí por duas vezes em sua história: em 95 e 96, pelo Grupo B. Desde então, a escola chegou a cair para a sexta divisão do carnaval, mas está presente no Grupo C desde 2003. Neste ano, a agremiação quer ganhar seu primeiro título falando sobre um dos alimentos mais populares do Brasil.

 
"De acompanhante à prato principal, a Abolição vem mostrar o arroz no Carnaval!" será o enredo da Abolição em 2012. Segundo o presidente da escola, André Luiz Avelino, o desfile apresentará a história do arroz, desde o seu surgimento, passando por diferentes regiões do mundo, destacando Índia, China e Japão, passando pela Europa, até chegar ao Brasil. "Falaremos sobre este alimento tão importante em diferentes culturas. Estamos desenvolvendo fantasias bastante criativas e a escola vem muito forte. Nosso samba agradou muito e casou muito bem com a bateria. Outro ponto forte da Abolição é a comissão de frente. O coreógrafo já está conosco há três anos e a equipe está bem entrosada", explicou.
 
Ainda em entrevista ao CARNAVALESCO, André Luiz disse que o desfile terá duas alegorias e contará com, aproximadamente, 800 componentes. "Nossas fantasias estão na reta final de confecção. Só tivemos um pequeno atraso na preparação dos carros alegóricos, mas acredito que tudo vai ficar pronto a tempo e faremos um bom desfile", afirmou o presidente da G.R.E.S Acadêmicos da Abolição, décima escola a desfilar na Intendente Magalhães no domingo de Carnaval.
 
Conheça a letra do samba-enredo
 
Autores: Vinicius Silva,Maninho Potyguara, Elsio Luz, Agostinho do Engenho de Dentro e Leonardo Batista
 
Intérprete: Fabrício Alves
 
Na Ásia germinou
Índia, China e Japão o cultivaram
Oferenda aos deuses
Nos rituais de antigos povos do oriente
Na europa chegou
Variando os sabores
Conquistando continentes
Valorizando o paladar
 
E na igreja aos noivos saudar
Com banho de arroz
Pra união comemorar
 
De milho d’agua foi chamado pelos índios
Segundo cereal cultivado no Brasil
Assim na culinária
Está sempre num cardápio especial
Seja puro, misturado
Ou então acompanhado
Tem arroz doce, boa paella,
Bifun, risoto, cuxá e a carreteiro
Feijão com arroz
Que maravilha um alimento da nossa nação
 
Vamos aplaudir
O arroz de tantas tradições
Abolição faz a festa
E encanta a Intendente Magalhães

Comente: