Advogado de Percival Pires descarta junção de chapas

 

 

De acordo com Marcos Ferreira de Melo, advogado de Percival Pires, candidato a presidência da  Verde e Rosa pela chapa 'Raízes da Mangueira', a junção da candidatura de seu cliente com a candidatura de Raymundo Castro, líder da chapa 'Levanta Mangueira', não acontecerá. No último sábado, durante protesto realizado na frente da quadra da escola contra a gestão de Ivo Meirelles, o site CARNAVALESCO apurou que havia a possibilidade da junção, mas ela foi descartada.


– Não existe isso, até porque o juiz ainda vai avaliar a legalidade das chapas e não há como se falar em junção sem saber se todas as chapas estão legalizadas. O meu cliente(Percival Pires) já tem toda a chapa montada – disse ele.


O advogado afirmou que os membros da comissão eleitoral serão chamados para depor no tribunal e que prevê o prazo de dois meses para que todo o imbróglio seja resolvido. Outro ponto esclarecido por ele é que Ivo Meirelles continua sendo o presidente da Mangueira. O que está sub judice é o processo eleitoral. A justiça após avaliar a regularidade de todas as chapas perante o estatuto da escola decidirá quais estão aptas a concorrer. 

Comente: