Antes de renovar com a Beija-Flor, Laíla cogitou aposentadoria

Um dos maiores nomes do carnaval carioca, Laíla, cogitou uma aposentadoria para o próximo carnaval. Entretanto, o diretor de carnaval da Beija-Flor falou ao CARNAVALESCO e deixou claro que os ponteiros foram acertados e que a ideia de se aposentar passou.

– Eu estava com vontade de dar uma parada por alguns motivos. Eu não sou mais um garoto, trabalho exaustivamente, e para fazer esse trabalho preciso ter condições de realizá-lo. Aconteceram alguns contratempos e eu realmente demonstrei o desejo de dar uma paradinha. Surgiram boatos que eu havia sido convidado por outras escolas, mas isso é mentira, ninguém me procurou, não conversei com ninguém, até porque isso não faz parte da minha índole conversar sem que eu tenha a necessidade de emprego. Acertamos os ponteiros, eu passei todo o meu desejo que eu pretendo realizar, as condições de trabalho que eu quero, eu não pedi aumento salarial. Acredito que até recebo menos do que qualquer outro diretor de harmonia ou de carnaval, sendo que a escola sempre me deu condições de trabalho. Então não adianta eu ganhar mal e não ter condição de trabalho, prefiro ganhar mal e ter condições de trabalho. Isso foi prometido – disse Laíla.

Com o enredo para 2013 já escolhido, o diretor agora começa a preparar algumas mudanças que podem ocorrer na escola para o próximo carnaval: – Tivemos alguns problemas técnicos e pretendo mudar algumas coisas no decorrer do trabalho. Não é equipe de carnavalesco e sim equipe técnica de harmonia, conjunto e evolução. Sobre a comissão de frente estamos pensando. Aconteceram algumas coisas e o rapaz não foi muito bem e as declarações que ele deu não foram muito boas, isso vamos ter que conversar e falar com a diretoria para saber qual rumo.

Sobre o resultado desse ano, o quarto lugar, Laíla não pareceu abalado e disse que carnaval é uma competição entre grandes escolas: – Eu quero ver as justificativas sobre enredo para saber o porque os quatro jurados deram a mesma nota. Sobre a comissão de frente à partir do momento que o coreógrafo dá a declaração que errou no primeiro módulo e tentou consertar nos outros se desastabilizou, certo? Então não posso nem entrar em mérito. Sendo que de enredo eu posso. Sabemos que aqui no ínicio abriu um buraco e se precipitaram e colocaram a velha-guarda, isso pode ter causado as perdas de ponto, vamos ver direitinho o importante é que fizemos um grande trabalho e não vamos ganhar todo ano, isso é uma competição.

Laíla também fez questão de parabenizar o carnavalesco Paulo Barros pelo título e pelo bom trabalho desenvolvido com um enredo que ele considera brasileiro: – Estou feliz pelo Paulo ter conseguido fazer um carnaval genuinamente brasileiro e ter mostrado dentro daquilo que ele lançou no carnaval um caminho correto. Isso faltava e que bom que ele mostrou e foi campeão.
 

Comente: