Após imagens do barracão vazio, Portelaweb divulga nota para de solidariedade aos funcionários

Na semana passada foram divulgadas imagens do barracão da Portela completamente vazio. A revolta tomou conta dos portelenses e a direção da escola explicou que os "atrasos aconceram, porque não havia entrado os recursos previstos no orçamento". Com isso, o grupo Portelaweb divulou uma nota de solidariedade aos funcionários. Leia abaixo:

"A Equipe Portelaweb lamenta que a direção do GRES Portela, mais uma vez, divulgue notas com a tentativa de ocultar os fatos, escondendo de seus torcedores a realidade dramática da agremiação. Tão triste quanto a situação da escola é o problema de seus funcionários, fato que é de conhecimento público para qualquer pessoa que viva o cotidiano do mundo do samba. Ao minimizar as dificuldades de muitos chefes de família, que estão sem poder arcar com as suas despesas e passando necessidades, como se fossem apenas “alguns débitos”, a direção da Portela expõe sua face mais insensível e desumana. Prestamos nossa solidariedade aos funcionários do barracão, ratificando a posição de que esta é uma situação inaceitável para uma agremiação do Grupo Especial carioca.

Outrossim, também lamentamos que, em outra prática comum da gestão Nilo Figueiredo, a direção do GRES Portela menospreze a inteligência de seus torcedores, querendo convencê-los de que é normal o barracão da agremiação, faltando menos de três meses para o carnaval, praticamente ainda não ter iniciado suas atividades, com carros ainda não desmontados e o quarto andar completamente abandonado. O mais grave, contudo, é o trecho final da nota, o qual destacamos abaixo:

“a direção da Portela, ainda informa que toda preparação para o carnaval 2013, não está atrasada e que tudo está dentro do cronograma feito por seus gestores".

Segundo a nota emitida pela direção do GRES Portela, o fato de a preparação do carnaval 2013 praticamente ainda não ter se iniciado na última sexta-feira, dia 16/11/2012, quando circularam pelas redes sociais fotos do barracão praticamente abandonado, faria parte do cronograma elaborado pelos profissionais responsáveis, isto é, a direção de carnaval. Diante deste fato, a equipe Portelaweb repudia veementemente a tentativa covarde da diretoria do GRES Portela de responsabilizar os competentes profissionais da escola pela atual situação do barracão. O carnavalesco Paulo Menezes, para citarmos apenas um exemplo, é um profissional com passagem por diversas agremiações, sempre começando seu trabalho com bastante antecedência, condição necessária para pôr em prática seu estilo, que, reconhecidamente, destaca-se pelo capricho e detalhes minuciosos. Isso significa que, segundo a citada nota, a direção de carnaval da Portela teria feito um planejamento pensando em sabotar seu próprio projeto.

Assim, diante da nota publicada pela diretoria do GRES Portela, a equipe Portelaweb presta solidariedade aos funcionários, ao carnavalesco e à direção de carnaval da Portela, esta última responsável pelo cronograma do carnaval 2013. Ciente da competência desses profissionais, sabemos que não é justo seus nomes estarem vinculados à imagem de um barracão abandonado faltando três meses para o desfile, como se isso fosse possível em algum planejamento racional. O que a diretoria do GRES Portela faz, na prática, é “queimar” a imagem de seus profissionais no mercado. Tal situação, para a equipe Portelaweb, é inadmissível.

Por fim, a equipe Portelaweb pede que os responsáveis pelo carnaval da Portela façam um esclarecimento público sobre a atual situação da escola, no que tange ao desfile de 2013. Sabemos que são o nome e a imagem profissional deles que poderão estar sendo questionados futuramente. Na hipótese de um desfile ruim, serão eles, se não fizerem qualquer esclarecimento, que estarão compartilhando a responsabilidade com a direção do GRES Portela, segundo a própria nota divulgada pela escola. O currículo e a história dos profissionais que se dedicam à Portela não merecem este castigo".

Comente: