Após reuniões, dirigente pede voto de confiança e ganha trégua na Portela

Trégua na Portela. Após duas reuniões com segmentos da escola, na terça e quarta, o vice-presidente da agremiação, Nilo Mendes Figueiredo Junior, filho do presidente Nilo Figueiredo, ouviu dos representantes os problemas que estão atingindo a azul e branco de Oswaldo Cruz e Madureira. Após os encontros, o dirigente pediu um tempo curto para solucionar todas questões levantadas e disse que conta com um voto de confiança, que foi dado pelos portelenses presentes.

Em águas mais calmas, o intérprete Gilsinho participou normalmente do ensaio de quadra, que aconteceu na noite de quarta no Portelão.

Comente: