Após um começo forte, Inocentes cai de rendimento e faz um ensaio regular

 

 

 

 

 

Quinze minutos antes do horário previsto e com a responsabilidade de fechar a temporada de ensaios técnicos das escolas da Série A, a Inocentes de Belford Roxo fez uma apresentação razoável, neste sábado, na Marquês de Sapucaí.

 

* VÍDEO: VEJA AQUI COMO FOI O ENSAIO

 

* VEJA AQUI FOTOS DO ENSAIO

 

* OUÇA AQUI AO VIVO: SAMBA E BATERIA DA INOCENTES

 

Com um samba valente e interpretado com muita garra por Ciganerey, a escola da Baixada Fluminense alternou altos e baixos em sua apresentação. Antes do começo do ensaio, o presidente da agremiação Reginaldo Gomes fez um discurso agradecendo aos colaboradores e parceiros da escola, e aproveitou para dar a sua impressão sobre o resultado do último carnaval, quando a Inocentes foi rebaixada do Grupo Especial. Segundo o presidente, o resultado não condiz com o rendimento da escola no ano passado. Tanto que, segundo Reginaldo, os investimentos foram mantidos no padrão do Grupo Especial e a escola vai em busca do título.

 

* VEJA AQUI: ANÁLISE DA BATERIA NO ENSAIO

 

Mestre Washington Paz avaliou a bateria no ensaio. – Nota 9,5. O ensaio foi bom, podendo melhorar. Vamos lapidar a paradinha e o ponto positivo sempre é o astral lá no alto e os muitos amigos ao nosso lado. Estamos sempre em busca da cadência perfeita. Aqui é o treino quase valendo. Sempre é bom ensaiar no lugar onde se vai jogar.

 

Comissão de Frente

 

Um dos bons momentos do ensaio da Inocentes foi a apresentação da comissão de frente. Antes da primeira cabine de jurados, os quinze membros da comissão agitaram o Setor 3, com a coreografia e saltos mortais. Outro momento que causou surpresa e levantou o público foi a “mudança de comissão de frente”. Uma ala com quinze mulatas se posicionava atrás do casal de mestre-sala e porta-bandeira, e após a primeira passada do refrão principal do samba, ocorria a troca de posição entre as alas. Esse movimento levantou a torcida no Setor 5 e aumentou a expectativa por um ensaio forte da escola.

 

– Fizemos a coreografia oficial. Botamos para quebrar nessa Sapucaí. A intenção era que o público ficasse com vontade de entrar na Passarela e desfilar com a gente – explicou Patrick.

 

* LUIS CARLOS MAGALHÃES ANALISA O ENSAIO

 

Pela perfomance da comissão de frente, o coreógrafo Patrick Carvalho foi apontado pela equipe do site CARNAVALESCO o destaque do ensaio. Ele ganhou o kit da D´Samba . – Uma honra ser premiado. Eu amo o que faço, convivo com essa galera muito. O público merece isso. Trocamos uma energia muito boa com o público. Vamos tentar fazer essa troca no dia, sempre com muita criatividade – disse o coreógrafo.

 

Casal de mestre-sala e porta-bandeira

 

O casal de mestre-sala e porta-bandeira, David Sabiá e Fernanda Love, apresentou sem erros de sincronia. A coreografia apresentada caminhava lado a lado com o samba, como por exemplo, no refrão principal que diz “Mulata da Lapa”, o mestre-sala apresentava a porta-bandeira para a cabine de jurados. Por causa do vento, a apresentação no segundo módulo de jurados foi um pouco dificultada, porém, Fernanda conseguiu enfrentar a situação sem grandes embaraços.

 

* VÍDEOS: VEJA APRESENTAÇÕES DO CASAL E COMISSÃO DE FRENTE

 

Harmonia e Evolução

 

Alguns problemas com harmonia e evolução comprometeram o ensaio da Caçulinha da Baixada. A escola começou sua apresentação apenas três minutos após os portões se abrirem. O primeiro setor da escola se apresentou no tempo normal. Porém, por volta dos trinta minutos de ensaio, a Inocentes diminuiu o ritmo de sua apresentação. De acordo com o Diretor de Harmonia, Saulo Tinoco, a escola preferiu não se preocupar com tempo de desfile e sim com o canto da escola. – Dentro do que foi proposto, fizemos bem o nosso trabalho. O andamento foi lento, justamente pra valorizar o canto do nosso componente. E o canto superou as nossas expectativas. Então no geral, eu achei que foi um excelente ensaio.

 

Mesmo com a justificativa do diretor, a escola não desenvolveu o canto da maneira esperada. Os refrãos eram entoados de maneira forte e aguerrida, porém durante o restante do samba eram nítidos os altos e baixos da harmonia da escola. As alas entre as baianas e a bateria, pouco cantavam e em alguns casos recorriam a folhas com a letra do samba para tentar acompanhar.

 

Durante a apresentação da bateria Cadência da Baixada na terceira cabine de jurados, as alas que estavam à frente dos ritmistas seguiram em frente e deixaram um espaço considerável da posição até o recuo de bateria.

 

O intérprete Ciganerey ganhou o calendário do ano de 2014 feito pela Brazil Carnival Ooah! por ter sido destaque no ensaio. – Achei muito bom nosso ensaio, a escola está preparada para retornar ao Grupo Especial, bateria e canto com muita pegada. Gostaria de agadecer ao CARNAVALESCO essa premiação, completo 30 anos de avenida em 2014 e volto a cantar sozinho, como condutor de um carro de som.

 

As baianas mereceram um destaque especial no ensaio da azul, vermelha e branca de Belford Roxo. Vestidas de maneira simples e com adereços brancos na cabeça, a ala demonstrou muita alegria e todas as baianas giravam durante o refrão principal.

 

A Inocentes encerrou o seu ensaio com uma hora e oito minutos. A escola será a sétima a entrar na avenida, na sexta-feira de carnaval, com o enredo “O Triunfo da América: o canto lírico de Joaquina Lapinha”, que conta a história da primeira cantora lírica do Brasil.

Comente: