Assessor da presidência da Liesa enaltece participação das escolas no sucesso do primeiro Encontro do Samba

Por Diogo Cesar Sampaio

encontro_samba2018_-166O primeiro Encontro do Samba movimentou a praia de Copacabana, no último sábado, reunindo as 13 escolas de samba do Grupo Especial, além de nomes como Alcione, Diogo Nogueira, Martinho da Vila, Iza e a Orquestra Sinfônica Petrobras. O site CARNAVALESCO conversou com Luis Gustavo Mostof, assessor da presidência da Liesa, que fez um balanço geral do evento.

– Foi maravilhoso. Uma coisa inovadora, que mostra a capacidade dos sambistas e das escolas de interagir, até mesmo com o erudito, através da participação da Orquestra Sinfônica e do maestro Isaac Karabtchevsky no evento. O sucesso somente foi possível através do esforço e dedicação de cada agremiação e de pessoas como o Elmo (José dos Santos, diretor de carnaval da Liesa) e do presidente Castanheira (Jorge Castanheira, presidente da Liga) – disse.

De acordo com Mostof, o projeto criado por Abel Gomes chegou na Liesa no final do ano passado, através de convite em plenária junto às escolas.

encontro_samba2018_-174– Após a aprovação, houve cerca de 15 dias para preparar toda a logística e espetáculo. Com apenas três ensaios, sendo um deles embaixo de chuva, as escolas tiveram que correr contra o tempo. A Liga ficou responsável não só pela logística, como parte da organização e pelo tempo de desfile – relatou.

Ainda segundo Mostof, apesar do pouco tempo e ensaios, foi importante o trabalho feito junto às baterias em busca de um andamento único e cadenciado, tido como necessário para a apresentação.