Barracão de San Luis fica a 20 quilômetros do Sambódromo

'Uma maratona de alegorias'. Foi desta maneira bem humorada que o carnavalesco Milton Cunha falou sobre a verdadeira saga enfrentada pelas alegorias das escolas que desfilaram neste final de semana no Sambódromo argentino. Ao todo são três carros alegóricos e o galpão onde eles foram feitos, está a 20 quilômetros de distância do local do desfile.

– Nos deram um galpão divino. É um local onde se roda filmes e o espaço é maior até do que os barracões da Cidade do Samba. O problema é a distância. São mais de 20 quilômetros e os carros só devem chegar de madrugada. É uma cena inédita: alegorias no meio do mato.

Outro fato interessante envolvendo as alegorias é a inclinação da pista do Sambódromo. Localizado num autódromo, o sambódromo argentino tem a sua concentração numa subida e a pista de desfiles numa descida, o que aumenta ainda mais o trabalho de quem precisa empurrar os carros alegóricos.