Bate-Papo com casal de mestre-sala e porta-bandeira da Vila Isabel, Marquinhos e Giovanna

 

 

No carnaval de 2014 eles completam vinte anos de parceria. Crias da Estação Primeira de Mangueira, foram para a Unidos da Tijuca, onde estiveram presentes nas duas conquistas recentes da escola. Agora, de casa nova, querem levar para a vila Isabel toda bagagem de boas notas acumuladas durante todos esses anos. Os dois conversaram com o site CARNAVALESCO e contaram como é participar do ensaio técnico e como anda o ritmo de preparação para a grande estreia defendendo as cores da escola de Martinho e Noel Rosa.

Qual é a importância de ensaiar no Sambódromo?

Marquinhos: É a mágica do Sambódromo. Parece que todo ano ele é diferente. Sempre dá a impressão que algo muda na sua estética, na sua geometria, eu não sei explicar. No início da pista existem ondulações e a gente sente na dança. A impressão que temos é que não é a mesma pista que passamos no ano anterior. O sambista de verdade precisa vir ensaiar aqui, pegar esse axé, esse momento, pois existem coisas que só acontecem aqui.

Como está o ritmo de ensaios durante a semana?

Giovanna: Estamos ensaiando cinco vezes por semana na quadra da vila Isabel, onde estamos aperfeiçoando nossa dança na busca do melhor resultado para a Vila Isabel. Se tudo der certo conseguiremos trazer as notas máximas para a escola.

Desfilar atrás da comissão de frente ou na frente da bateria?

Giovanna: Tanto faz. Desfilar atrás da comissão de frente ou na frente da bateria dá no mesmo. A emoção e a responsabilidade são as mesmas. Afinal, estamos ali defendendo as cores de nossa escola.

O que é mais importante no quesito: a dança, a bandeira no alto ou a forma de cortejar do mestre-sala?

Marquinhos: Essa manifestação que nós temos no Rio de Janeiro, o samba, faz que cada emoção se transforme em lágrima, em prazer, em harmonia, em cumplicidade O carnaval é único e se a gente não se arrepiar e não ter emoção, não há razão pra fazer isso aqui hoje. Estamos juntos faz vinte anos e isso nos deu uma intimidade muito grande. Tudo dentro do quesito tem a sua importância e cabe ao casal desempenhar da melhor maneira possível. Giovanna e eu estamos juntos faz muito tempo e isso nos deu a intimidade que precisamos para fazer bem o nosso papel. Basta ensaiar e ensaiar muito.

Comente: