Bateria da Grande Rio será última ala no desfile e não fará entrada no segundo recuo

granderio_final2018_067A Grande Rio irá inovar mais uma vez em seu desfile que homenageará o comunicador Abelardo Barbosa, o Chacrinha. A bateria Invocada será a última ala da escola a cruzar o Sambódromo e vai deixar o primeiro recuo de bateria apenas depois que a última alegoria do desfile cruzar a faixa inicial da pista. A informação apurada pelo CARNAVALESCO e confirmada pelo diretor de carnaval Dudu Azevedo.

– A bateria irá fazer uma grande celebração no fim de nosso desfile. Estamos ensaiando há mais de seis meses. Em nosso livro abre-alas que foi entregue na Liesa consta como a última ala no setor que fecha nosso carnaval. Não há necessidade de fazer entrada no segundo recuo, uma vez que a sonorização do desfile é plena por toda a avenida – explica.

Dudu Azevedo concorda que a medida é arriscada, mas reitera que foram as grandes ousadias que mudaram a história dos desfiles. A ideia foi abraçada pelo mestre Thiago Diogo e também pelos presidentes de honra da Grande Rio.

– É claro que é um risco, pois se algo ocorrer na cabeça da escola será uma correria o final. Mas é por isso que ensaiamos de maneira exaustiva há tantos meses. Nos últimos anos a comissão de frente e a bateria são os momentos do desfile que mais prendem o público. Deixando a nossa bateria para o final a gente segura atenção das pessoas até passar a escola toda. O Thiago está preparando um espetáculo grandioso e nossos presidentes encamparam a ideia desde o começo – finaliza.

A Grande Rio será a quinta escola a desfilar no domingo de carnaval com o enredo ‘Vai para o trono ou não vai?’. A tricolor de Caxias lutará pelo título tendo pela primeira vez um projeto desenvolvido pelo carnavalesco Renato Lage.