Bateria da Vila Isabel segue sem a nota 10 e mestre Chuvisco diz que fez belo desfile

Por Geissa Evaristo

vila-isabel_desfile_2018_078A bateria da Vila Isabel já soma 11 carnavais sem conquistar todas as notas máximas dos julgadores. A última vez que isso aconteceu foi no ano de 2005, quando mestre Mug, hoje presidente de honra da bateria, comandava a Swingueira de Noel. Mestre Chuvisco, que estreou na agremiação nesse carnaval, conversou com o site CARNAVALESCO sobre as notas recebidas: 9.9 /9.8/ 10/ 9.9.

– A gente tem que saber respeitar a opinião dos jurados. Vamos aguardar as justificativas para saber o que vão falar sobre o motivo de não ter dado a nota 10. Eu e os ritmistas temos certeza que a gente fez o nosso trabalho, o nosso melhor. Está todo mundo convicto de que foi um belo desfile. Todo mundo emocionado com o desempenho da nossa bateria, mas infelizmente são eles quem decidem a nota 10. Penso em continuar trabalhando cada vez mais em busca da nota 10 para o Carnaval 2019 – avalia o mestre.

Antes de chegar à Vila, Chuvisco se notabilizou pela expressiva passagem na Estácio, onde comandou a bateria Medalha de Ouro, quase sempre conseguindo ganhar todas as notas dez.