Bira, Porkinho, Miguelzinho, Márcio Rangel, Wilson Bizzar e Duda SG vencem samba na Porto da Pedra

Após tantas incertezas e trocas de presidente, a Porto da Pedra realizou sua final de samba-enredo, na tarde e noite deste sábado, e os vencedores são os compositores Bira, Porkinho, Miguelzinho, Márcio Rangel, Wilson Bizzar e Duda SG. Em 2013, a escola terá o enredo "Me digas o que calças e eu te direi quem és", que será desenvolvido pelo carnavalesco Fábio Ricardo, que não esteve presente no evento.


* Ouça aqui o samba da Porto da Pedra para 2013

– A gente só teve uma semana para fazer o samba, mas o trabalho fluiu bem e tivemos esse belíssimo samba consagrado hoje. Nós juntamos os personagens com o sapato, então acho que dessa forma deu para fazer uma brincadeira em cima da proposta do enredo. O tempo foi curto e o investimento que nós fizemos não foi muito. Gastamos uma média de R$ 6 mil, mas mesmo assim deu tudo certo – disse Miguelzinho, um dos compositores da parceria campeã.

Na hora do anúncio do samba campeão, o presidente Paulo Santana optou por não fazer discurso e deixou Igor Vianna cantar logo a obra vencedora. Durante toda apresentação, a parceria de Porkinho contou com a torcida cantando forte e sempre muito animada.


* Clique e veja o vídeo do anúncio do samba para 2013

Apesar do pouco tempo para disputa e criação dos sambas, o presidente Paulo Santana elogiou sua ala de compositores. – Estou muito feliz com os nossos compositores. Mesmo a disputa sendo em cima, eles conseguiram fazer excelentes sambas em tão pouco tempo. Ele revelou que a Porto da Pedra vai fazer seu ensaio técnico no Sambódromo no dia 19 de janeiro de 2013.


* Veja aqui fotos da final

Paulo ainda completou dizendo que seu critério para a escolha do samba, foi a harmonia toda a escola e principalmente fazer a comunidade cantar com sentimento. Sendo assim, a escola, na opinião dele, chegará forte na Avenida.

Já para o mestre Thiago Diogo, que no último carnaval foi responsável pelas maiores notas do Tigre e hoje um dos maiores talentos do mundo do samba, ele acredita que o samba tem 80% de importância para que a agremiação faça um bom desfile.

– No caso da bateria a gente já tem algumas bossas prontas que vamos testar em cima do samba escolhido, mas as vezes a obra já vem com algumas dicas, que ajudam a composição do nosso trabalho.

Em conversa com o site CARNAVALESCO, o intérprete Igor Vianna disse que está fazendo aula de canto para ter uma preparação vocal melhor para gravação do CD oficial das escolas da Série A, antigo Grupo de Acesso. Quem também não está parado é o casal de mestre-sala e porta-bandeira, Thais Romi e Zé Roberto. A dupla está se preparando há quatro meses com quatro ensaios por semana.

Déo Pessoa, presidente da Lierj, que comanda a Série A, marcou presença na final e desejou boa sorte para nova administração do Tigre de São Gonçalo. Ele contou que espera uma boa gestão para reconduzir o trabalho e realizar um bom carnaval.

Ainda na final foi revelado que Paulinho do Ouro assume o posto de diretor carnaval da agremiação. – A escola está começando o trabalho do carnaval agora. Tudo com um ritmo acelerado, mas que não é preocupante. O Tigre tem passos largos, diferente de muita escola que vive de faz de conta e diz que já tem carnaval todo pronto agora. No Acesso será menos pesado que o Especial, mas a competência e dedicação vai ser a mesma coisa – disse Paulinho.

Antes da disputar começar, a Porto da Pedra fez uma homenagem ao dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. Foi cantada a música 'Nossa Senhora', de Roberto Carlos, e todos estavam de mãos dadas. Após o momento religioso, a escola fez a sua tradicional apresentação dos segmentos e logo em seguida, os sete sambas se apresentaram, em sua maioria sem grande empolgação da comunidade, apenas da torcida, caracterizando como uma disputa morna.

Comente: