Carlinhos de Jesus faz análise da apresentação da Comissão de Frente do Império Serrano

Muito emocionado pelo desfile e pela data marcante, o coreógrafo Carlinhos de Jesus conta que a apresentação de hoje teve um tom especial.
– Hoje faz três meses que meu filho morreu. Hoje o desfile foi em tom de saudade para mim porque ele participava comigo. Estou descalço do pé, mas estou andando. –  afirmou o coreógrafo comemorando o bom desempenho da equipe na frente dos jurados.
 

– Tivemos um problema com fantasia que soltou, mas não foi na frente dos jurados. Penso nos acertos, nas possibilidades de erro para não acontecer. Nossas passagens nas cabines foram excelentes.
 

A comissão veio fazendo alusão aos bailes do Rio de Janeiro, com as damas das cortes, que foi o primeiro samba enredo dela. As damas então se transformam em jongo da Serrinha, assim como os homens que neste momento se vestem de bahianas. Logo depois volta a ser dama da corte.
 

Há 51 anos nos desfiles de carnaval, Carlinhos afirma ter orgulho de pisar na "nova" Avenida.
 

– Já tinha visto nos ensaios e digo que tanho muito orgulho. É bom ver a casa da gente arrumada- finaliza Carlinhos.
 

Comente: