CARNAVALESCO abre série sobre o GRUPO C: Saiba como será o desfile da Rosa de Ouro

Uma grande homenagem. Isso é o que espera mostrar Hélio José, presidente da Rosa de Ouro, primeira escola a desfilar na Intendente Magalhães no Grupo C, com o enredo: “Itatiaia – Paraíso Turístico e Cultural”. O carnavalesco Humberto Abrantes assina o carnaval da agremiação pela sexta vez e pelo terceiro ano consecutivo.


* Clique aqui para ouvir os sambas dos Grupos de Acesso

A agremiação, na verdade, seria a segunda escolar a entrar na Avenida, pelo grupo de acesso C. Entretanto, devido ao pedido da Independente de São João de Meriti – que não vai desfilar – a Rosa de Ouro ocupará o seu lugar, porém com o início de seu desfile no horário sorteado como a segunda escola.

José contou ao CARNAVALESCO sobre o que os presentes à Passarela Popular do Samba podem aguardar sobre o desfile:

– Vamos mostrar a história da cidade, os primeiros habitantes da grupo indígena Puri. Depois, falaremos dos bandeirantes, sobre as plantações de café e a colônia finlandesa. Como a produção do café não deu certo, eles partiram para a criação de pousadas. Levar a história das festas que eles fazem,Vappu, que são festas de máscaras. Vamos também falar sobre as cidades históricas como Penedo.

A escola vai levar um contigente de 1000 componentes, divididos em 18 alas e duas alegorias, para o desfile. Segundo o presidente, a escola não tem mais vagas para desfilantes e todas as fantasias já foram entregues.

– Tenho orgulho de dizer que, devido a minha diretora de carnaval Lúcia Costa, todas as nossas fantasias já estão prontas e sendo entregues. Em nossas alegorias faltam poucas coisas, apenas questão de decoração.

A Rosa de Ouro abre os desfiles de 2012 da AESCRJ (Associação das Escolas de Samba da Cidade do Rio de Janeiro) no domingo de carnaval, dia 19 de fevereiro, às 19 horas.

Conheça a letra do samba-enredo

Autores: Luiz das Faixas, Nico do Largo, Carlinhos Maciel, Teleco, Waguinho Olá Coração

Intérprete: Raphael Bart

Oni Kulê senhor da montanha
Derrama luz e proteção
O Sol desperta a Natureza se assanha
O vento sopra entoando uma canção
Paraíso verde dos puris
Sagrada escultura do país
O negro semeou… O grão então brotou
No chão que o bandeirante desbravou
Serra encantada… caminho da riqueza…
Cenário de rara beleza

No Vappu que rei sou eu… fascinação!
Mascarado vou nos braços da ilusão
A arte é herança de um povo sonhador
E o movimento era de paz e amor

Haja coração!
Vencer a cordilheira é pura emoção
E doce escorregar
Na cachoeira e no lago mergulhar
O palco traduz a paixão
Renova a fé em consternada oração
A praça abraça culturas e flores
Na tela uma profusão de cores
História é orgulho… Brasão da Academia
Explode o carnaval Ecofolia

A Rosa de Ouro reluz na avenida
O sonho dourado se faz florescer
Sou comunidade feliz da vida
Itatiaia eu amo você!

Comente: