Casal da Renascer mescla o inovador e o tradicional

 

 

Eles são um dos casais mais jovens da Avenida. Mas a pouca idade e as feições de adolescentes passam despercebidas quando Thiaguinho Mendonça e Amanda Poblete assumem o posto de primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira da Renascer de Jacarepaguá. Após terem ocupado o segundo posto da escola, justamente quando a Renascer debutou no Grupo Especial, assumiram o papel principal por agremiações diferentes e voltam a se encontrar no carnaval de 2014, dessa vez como atores principais do desfile em homenagem ao cartunista Lan. O site CARNAVALESCO conversou com a dupla para saber um pouco mais da preparação que o jovem casal está fazendo para o desfile oficial. Os dois não adiantaram os detalhes da fantasia que usarão no desfile da Renascer em homenagem ao cartunista Lan.

Qual é a importância de ensaiar no Sambódromo?

Thiaguinho Mendonça: "É muito importante pra gente estar dentro do Sambódromo. A gente vem a semana toda. Mas é aquele negócio. Acerta, erra, para, volta, faz de novo, acerta, erra, para".

Como está o ritmo de ensaios durante a semana?

Amanda Poblete: "A gente ensaia de segunda a sexta-feira. Estamos fazendo nossos treinos aqui na Avenida, na praia e na academia das nossas coreógrafas. Queremos fazer um trabalho muito bonito e provar o nosso valor. Estamos fazendo uma salada mista, mesclando o inovador e o tradicional, acredito que jurados e publico vão gostar bastante".

Desfilar atrás da comissão de frente ou na frente da bateria?

Amanda Poblete: "Acredito que é melhor desfilar logo atrás da comissão de frente.  Afinal, eles têm uma energia muito grande. Assim como a gente, eles estão pontuando e, com isso, carregam uma grande responsabilidade. Então, é bom vir junto deles, pois assim fica mais fácil para a escola e fazemos as apresentações de uma vez só".

O que é mais importante no quesito: a dança, a bandeira no alto ou a forma de cortejar do mestre-sala?

Thiaguinho Mendonça: "De todos esses elementos que foram citados, o mais importante é o amor ao pavilhão. Esse amor tem que ser bem explicito, de uma maneira que fique claro a todos que nos assistem o carinho e o entrosamento de um com o outro. Isso tem que ficar bem claro pros jurados e para o público".

Amanda Poblete: "É o conjunto, é tudo. A bandeira é tão importante quanto o cortejo, quanto a proteção do seu companheiro. A bandeira é a nossa luz, temos que fazer o máximo pra ela brilhar. Quanto mais podermos fazer para ela brilhar, para estar desfraldada e honrada, temos que fazer".

Comente: