Casal e carro de som se destacam em ensaio da Gaviões da Fiel

0 Flares 0 Flares ×

ensaio_gavioes_da_fiel_1602201712

A Gaviões da Fiel é uma das torcidas organizadas mais conhecida em todo o mundo. Muito pelo fanatismo de seus componentes que acompanham o “Timão” em todos os lugares. Porém, na noite dessa quinta-feira, no Anhembi, foi diferente. As arquibancadas não ficaram cheias e um pequeno público viu a escola do Bom Retiro passar. Mesmo com pouco contingente os presentes tentaram fazer uma festa bonita com sinalizadores, bandeirões e bastante fumaça.

banner_holiday

Harmonia

ensaio_gavioes_da_fiel_1602201730A ausência da numerosa torcida pode ter pesado nos ombros dos desfilantes e resultou num canto frio e apagado. Mesmo com um número de menor de componentes, se comparado ao Tatuapé que ensaiou na mesma noite, a Gaviões não conseguiu manter um padrão de canto durante seu último ensaio. Esse ponto precisa ser melhorado, pois em 2016, a escola também pecou em harmonia e perdeu 0,2 décimos no quesito.

Samba-enredo

Conduzido pelo craque Ernesto Teixeira o samba, mais uma vez, teve um bom rendimento. E segundo o intérprete, a tendência é crescer ainda mais nessa semana que precede o grande dia.

ensaio_gavioes_da_fiel_1602201710– Vamos numa crescente a cada ensaio, as pessoas vão pegando mais e mais a letra do samba dentro da avenida. Na quadra é uma coisa e no Anhembi é outra. E com esse recurso já do som oficial ajuda bastante. Acho que é muito positivo esse último ensaio e estamos no caminho certo. No dia do desfile vai render um pouco mais, afinal, a nação corintiana estará presente e o clima é outro. Quando toca a sirene o sangue pulsa diferente – afirmou.

Mestre-sala e Porta-bandeira

Assim como fizeram nos dois primeiros ensaios, Wagner e Drika foram devidamente fantasiados para o Anhembi e apresentaram uma coreografia muito criativa. O casal mostrou entrosamento e disposição que podem levar novamente às notas 10 como foi em 2016.

ensaio_gavioes_da_fiel_160220176– Pra gente hoje foi afinar o violão. Só colocar o ré, o dó, e tudo nos devidos lugares. Acertamos as arestas e viemos hoje “tirar uma onda”, pra honrar o trabalho do ano inteiro. A gente vem de fantasia porque desfilamos fantasiados, no ensaio é social, mas na avenida temos que acostumar o corpo com o que ele vai encarar no dia. É bom ensaiar fantasiado para que o tempo de dança seja calculado e as falhas sejam reparadas. Preferimos fazer um ensaio sendo desfile – afirmou Wagner.

Comissão de frente

A recém-contratada Helena Figueira e seus bailarinos mostraram uma apresentação bonita, mas com alguns acertos a serem feitos. A comissão levou para o Anhembi a estrutura de ferro que será usada no desfile, e em certa hora da coreografia os componentes sobem no topo do objeto. Alguns não mostraram tanta segurança ao ter que subir e descer, mas nada grave e que não possa ser ajustado até a próxima sexta.

ensaio_gavioes_da_fiel_160220172Evolução

Se a Gaviões sonha com algo mais alto que o sétimo lugar de 2016 precisa abrir os olhos. Não é de hoje que a pedra no sapato da preto e branco é a evolução. No último carnaval a agremiação perdeu 0,9 décimos apenas nesse quesito. No ensaio dessa quinta-feira houve um desencontro entre os diretores, e quando a comissão de frente iniciou sua apresentação no primeiro módulo, após o recuo se distanciou muito do casal de mestre-sala e porta-bandeira que vinha atrás. Deixando um buraco considerável entre os dois bem em frente ao espaço dos jurados.

A Gaviões da Fiel será a quinta escola a desfilar na próxima sexta-feira atrás do título que não vem desde 2003.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×