Castanheira sobre não rebaixamento: ‘Não existe essa questão’

Em meio às obras de reconstrução dos barracões afetados pelo incêndio de fevereiro na Cidade do Samba e a incerteza se os galpões serão entregues a tempo para as agremiações atingidas, circulou a informação de que a diretoria da Liga Independente das Escolas de Samba estaria cogitando a hipótese de não haver rebaixamento para o Grupo de Acesso A no Carnaval 2012. Em depoímento exclusivo ao CARNAVALESCO, o presidente da entidade máxima do carnaval carioca, Jorge Luiz Castanheira, fez questão de rechaçar a hipótese.

– Não existe essa questão! Isso não foi sequer levantado durante as nossas plenárias. O que aconteceu no ano passado foi uma medida emergencial diante de um fato incomum. O regulamento será cumprido. Tenha certeza que essa não é a ideia da Liga – afirmou Castanheira.

Já sobre o prazo de entrega dos barracões em reforma, o dirigente reafirmou o prazo de 90 dias de entrega para os galpões de Portela, União da Ilha e do barracão 1, que servirá à Renascer de Jacarepaguá. Já o barracão que a Grande Rio ocupava, mais afetado pelas chamas, só deverá ficar pronto em 120 dias. A Tricolor de Caxias construirá seu carnaval no barracão 7.