Claudinho da Beija-Flor fala sobre a tensão provocada pelo óleo na pista

Um dos episódios mais polêmicos do carnaval foi o derramamento de óleo na pista de desfiles antes do desfile da Beija-Flor. Além de atrasar o início do desfile da atual campeã do carnaval, o problema prejudicou diretamente o casal de mestre-sala e porta-bandeira, Claudinho e Selminha Sorriso, que acabaram não mostrando o desempenho que estão acostumados a exibir na Sapucaí.
 
Há 20 anos carnavais dançando no Grupo Especial com Selminha, Claudinho contou ao site CARNAVALESCO os momentos de tensão que viveu no início do desfile da Beija-Flor:
 
– Nunca pensamos nessa situação. Ensaiamos o ano inteiro e nunca pensamos no pior, mas graças a Deus não deu nada de errado. Tivemos que mudar toda a coreografia e conseguimos superar o problema do óleo. Foi um carnaval de superação. Acho que é a primeira vez que um casal é prejudicado dessa forma por óleo na pista. Tentamos três vezes fazer a coreografia oficial, mas não tivemos sucesso. A nossa experiência nos ajudou bastante também. Ficamos em pé e, apesar de ter perdido alguns décimos, deu para ajudar a escola a ser campeã do carnaval.
 
Apesar do problemas, Claudinho e Selminha Sorriso só ficaram atrás de Raphael e Marcella Alves, da Mangueira, no ranking dos casais que mais pontuaram no Carnaval 2011.