Com maciço apoio da comunidade, Elizabeth Aquino lança candidatura à presidência da Vila Isabel

 

A comunidade de Vila Isabel está insatisfeita, como não poderia deixar de ser, com o 10º lugar alcançado pela azul e branco do bairro de Noel no Carnaval 2014. E isso pode ser claramente percebido na tarde deste sábado na Associação Atlética Vila Isabel, onde foi lançada oficialmente a candidatura de Elizabeth Aquino, a Beta, à presidência da escola nas eleições que devem acontecer em maio. Apesar do maciço apoio dos segmentos que lotaram as dependências do clube, poucas figuras ilustres da escola marcaram presença.

A chapa "Por Amor à Vila" tem Beta como presidente e Luciano da Vila como vice. A candidata conversou com a reportagem do CARNAVALESCO durante o evento e disse que quer fazer a comunidade voltar a frequentar a escola. – Acho que precisamos resgatar o orgulho da nossa escola. Não quero acusar ninguém, mas o que se viu na Sapucaí em 2014 entristeceu demais a gente, disse Beta.

Uma das mais lendárias figuras da escola, mestre Mug esteve presente no evento, que contou com uma feijoada e a apresentação de grupos de pagode, e não poupou críticas ao atual momento da escola. – Eu já vi a Vila Isabel sem quadra e dinheiro fazer carnaval melhor que o desse ano. É hora da mudança, pediu o eterno mestre de bateria da azul e branco.

O evento não contou com as figuras mais importantes da escola, à exceção de Mug, mas Beta acredita que será apoiada por eles no futuro. – Acho que todo apoio é bem-vindo. O Martinho, o Bocão, precisamos unir nossa escola. Conheço o André Diniz desde que cheguei nessa escola, acredito que eles estarão com a gente, disse a candidata.

Perguntada pela reportagem sobre o relacionamento com a família Moisés, que detém o poder na Vila Isabel há muitos anos, Beta foi taxativa. – Não existe inimizade, apenas uma atual divergência de opiniões. A Vila precisa de uma oxigenada, essas brigas não levam a nada. Fui desrespeitada com aquela atitude do Moisés de proibir minha entrada na adminstração da escola, reclamou a candidata, que deseja realizar um sonho com esta candidatura. – Sempre sonhei presidir essa escola.

Durante o evento o que se pode notar com bastante clareza foi um forte apoio da comunidade e dos segmentos da escola à candidata. Tanto que em vários momentos ela tinha dificuldade em curtir a festa, tamanhos os pedidos para fotos e o assédio das pessoas. Vários segmentos fizeram questão de prestar apoio e registrar em fotos o momento. A comunidade já deu o recado.

Comente: