Com sotaque nordestino, Unidos de Villa Rica sonha em voltar à Sapucaí em 2013

A Unidos de Villa Rica chegou a desfilar no Grupo Especial logo no início de sua história, na década de 90. Em apenas cinco anos de existência, a escola da Zona Sul subiu da quinta à primeira divisão do carnaval carioca. E é buscando inspiração nesta época que a agremiação tentará vencer o carnaval do Grupo C em 2012, depois de um simples nono lugar no último carnaval interromper a série de dois acessos seguidos da escola.

O CARNAVALESCO entrevistou o presidente da Unidos de Villa Rica, Jairo Valério, que falou sobre o desfile que pretende apresentar na Intendente Magalhães. "Apresentaremos o enredo 'Do Reino do Sol ao Bairro Imperial – Feira de São Crsitóvão: o Nordeste é Aqui', que fala da tradição da Feira de São Cristóvão e dos estados nordestinos. Vamos contar a história desse povo que sai de sua terra natal para tentar ganhar a vida no Rio de Janeiro e usa o Centro de Tradições Nordestinas como forma de rever suas raízes e encontrar conterrâneos no 'Bairro Imperial', assim chamado por ter servido de moradia à Família Real Portuguesa", explicou.

Jairo ainda contou alguns detalhes sobre a apresentação da escola. "Teremos entre 950 e 1000 componentes divididos em 20 alas. A Villa Rica contará com dois carros alegóricos e três tripés. Devo destacar a nossa comissão de frente, que representará os guardiões reais, as baianas, que virão de Nossa Senhora Aparecida e a ala das crianças, que representarão um doce típico do nordeste, o pé-de-moleque. Nosso desfile será muito colorido e alegre. Estamos com uma nova mentalidade e a comunidade abraçou a escola, o que é muito importante pra mim. Essa mistura entre morro e asfalto nos fortalece e, com todo o respeito às coirmãs, vamos fazer um carnaval pra brigar pelo título", afirmou o presidente da Unidos de Villa Rica. A escola está com 90 % de suas fantasias prontas e a montagem das alegorias está na fase de acabamento.

O G.R.E.S. Unidos de Villa Rica será a oitava escola a passar pela Intendente Magalhães no domingo de Carnaval, dia 19 de fevereiro.

Conheça a letra do samba-enredo

Autores: Pato Roco, Dudu Cantão, Rico Bernardes, Rafael Mikaiá, Cacau e Edinho

Intérpretes: Maurício Poeta, Diogo e Douglas do Banjo

Sob a luz do sol que alumia
Um recanto de beleza singular
De um povo valente e sonhador
Que feliz nasceu para versar
Com a benção assim concedida
Segue a corte em sua missão
Toca esse fole sanfoneiro
Pra saudade levar no coração
Do repente nasce a poesia
E um novo reinado então surgia

É dia de festa, sou rei!
Não chores não, pois um dia eu voltarei
À padroeira, eu peço proteção
Vamu simbora no compasso do baião

Oh mainha!
Desembarquei em uma terra fascinante
Encontrei retirantes
Vi num sorriso o meu traço cultural
No doce paladar veio a lembrança
Do xote, xaxado, danado de bom
Sou cabra da peste…
Vim do nordeste, pra ser feliz
Nas asas brancas de um sonhador
Em São Cristovão cultivei minha raiz

Vem nesse gingado, meu samba é arretado
Vai te seduzir…
Sou Villa Rica, se avexe não
Sinta os acordes do meu coração

Comente: