Comemorando o aniversário, Fundo de Quintal marca presença em ensaio da Mancha Verde

Por Fiel Matola

holidayO presidente Paulo Serdan iniciou o ensaio agradecendo a presença ilustre do grupo Fundo de Quintal, que será homenageado no carnaval da Mancha Verde. Ele ressaltou que a data do ensaio técnico era a mesma do dia do aniversário do grupo.

– Como disse a rapaziada do Fundo de Quintal, a chuva veio para abençoar nosso ensaio. Hoje, dia importante, aniversário do Fundo de Quintal, do Cacique de Ramos, dia de São Sebastião, de Oxóssi, que também é padroeiro de nossa entidade. Agradecemos por ter deixado o compromisso de vocês lá, com todo respeito, e vindo prestigiar nosso ensaio – comentou o presidente que pediu um rufar de bateria para o grupo.

print9_enBira, um dos componentes do grupo, agradeceu o carinho. Eles brindaram o público cantando as músicas “A Amizade” e “Caciqueando” animando os componentes. Freddy Viana, intérprete da escola, após o canto do grupo, iniciou seu esquenta e a arrancada do ensaio. Com a presença de Viviane Araújo à frente da bateria, a Mancha Verde fez um grande ensaio técnico.

Comissão de Frente

Com entidades do candomblé segurando os instrumentos do grupo homenageado, a comissão de frente abriu o ensaio técnico muito bem. Além das entidades, propriamente vestidas, vinham outros componentes nas cores da escola. Eles revezavam no elemento alegórico trazido para o Anhembi.

mancha_ensaio2001-15Mestre-Sala e Porta-Bandeira

Marcelo e Adriana Gomes que vieram com roupagem toda de branco, remeteram seus figurinos para pai e mãe de santo. O mestre-sala citou que usaram o ensaio para consertar o que erraram no anterior.

– No ensaio a gente erra para acertar no desfile. No ensaio passado tivemos um erro que neste ensaio nós acertamos. Esse ensaio técnico geral é importante, assim como o ensaio específico do casal, para vermos a pegada da avenida, principalmente, para o nosso condicionamento físico – abordou Marcelo.

Harmonia e Samba-Enredo

mancha_ensaio2001-10Com um grande contingente e embalado pela presença dos homenageados e da rainha de bateria, a escola cantou bem, apesar de uma certa oscilação em alguns momentos. Ponto positivo para o intérprete Freddy Vianna, que fez bonito no Anhembi.

– Eu achei nossa ala musical bem e compacta. Com a presença do Fundo de Quintal e da Viviane Araújo a escola veio para cima, principalmente, porque o samba proporciona isso. Estamos muito feliz com o samba escolhido, tenho que agradecer a Deus e toda comunidade. Vejo o resultado positivo – disse Fredy.

Evolução

mancha_ensaio2001-9É um quesito que pode melhorar. O início ficou bem truncado, atrasando um pouco a escola. Porém, o componente curtiu o ensaio, brincando muito e se divertindo bastante. O diretor de carnaval Paolo fez o balanço do treino.

– Nós vimos um avanço hoje comparado ao ensaio passado, o canto deu uma melhorada, porém temos que melhorar mais ainda. Contagiou pelo fato de está a Viviane e o Fundo de Quintal. Agora vamos pegar, ver as imagens e trabalhar novamente para corrigir nossos erros. Temos consciência e pé no chão. Finalizamos com um tempo perfeito 1h02. Hoje aqui foi alegria – contou o diretor de carnaval.

Bateria

mancha_ensaio2001-6Mestre Maradona colocou que ainda existe alguma coisa que pode ser melhorada, mas nada que preocupe a bateria da Mancha Verde.

– Um ensaio sensacional, a bateria tem alguns pontos a corrigir, é normal. Nossa bateria tem bastante gente nova, que acaba ficando deslumbrada com o ensaio. São erros pontuais, coisa que a gente consegue corrigir, tem tempo para isso, agora só cabe a nós. Ainda temos três semanas até o desfile, estou confiante e acredito que apresentaremos um ótimo trabalho – pontuou o mestre da bateria Puro Balanço.

mancha_ensaio2001-13Outros Destaques

É impressionante notar como Viviane Araújo é carismática e está contente na frente da bateria. Ela que não só reverenciou o público, como também entrou na bateria, brincando e sambando com os integrantes da Puro Balanço.

O grupo Fundo de Quintal ganhou uma linda homenagem e retribuiu todo momento. Os músicos ficaram à frente da bateria, sambaram, e agradeceram o presente de ser enredo. Bira, integrante do grupo, disse emocionado para todos: ‘Esse foi o nosso grande presente, agradecemos muito a escola por essa homenagem’.