Compositor da Portela diz que Estrela do Carnaval é a confirmação que acertaram na ousadia

O Carnaval 2012 trouxe uma safra de sambas como há tempos não se via. Entre esses sambas o da Portela, dos compositores Luiz Carlos Máximo, Wanderley Monteiro, Toninho Nascimento e Naldo venceu o Estrela do Carnaval 2012. O samba que já era badalado antes mesmo de vencer a disputa na agremiação, passou emoção suficiente durante o desfile. O prêmio Estrela do Carnaval será entregue durante feijoada realizada na quadra do Salgueiro na tarde de domingo, dia 4 de março, a partir das 13h. Os interessados em comparecer ao evento já podem comprar seus ingressos na Boutique do Salgueiro, dentro da quadra, das 10h às 17h. O preço é de R$ 30,00 antecipado e R$ 35,00 na hora do evento. Além de assistir as apresentações de todos os premiados, quem comprar o ingresso terá direito a feijoada.

Em conversa com o site CARNAVALESCO, Luiz Carlos Máximo falou sobre o sentimento de ganhar o Estrela do Carnaval:

– O prêmio é a confirmação de que acertamos ao apostarmos na ousadia e deixar de lado o pragmatismo, de tentar mais uma vitória na escola compondo um samba "mais do mesmo".

O compositor também contou como que recebeu a notícia da vitória no Estrela do Carnaval:

– Claro que com muita alegria. A premiação vinda de um site especializado em carnaval, acessado por todos que acompanham o mundo das escolas de samba, tem uma grande
repercussão e nos deixa muito envaidecidos.

Sobre a possibilidade do samba ficar marcado na história do carnaval carioca, o compositor deixa a critério de o tempo decidir:

– Se vai ficar marcado na história dos sambas-enredo só o tempo dirá. Mas com certeza, já está marcado na história da escola. Pela ousadia e beleza estética, pelo o que representou para a autoestima dos portelenses, por conseguir unir a escola, pela repercussão antes, durante e depois da disputa, pelas premiações e até pela emoção na apuração, quando foi fundamental para recolocar a Portela no desfile das campeãs. E o mais importante: A expectativa pelo desfile da Portela foi à razão da alma de uma agremiação, que é o samba. E sem dúvida emocionou a Sapucaí.

Comente: