Compositores do samba de 89 são homenageados na quadra da Imperatriz

Depois de 23 anos, o samba "Liberdade, Liberdade, abra as asas sobre nós", que levou a Imperatriz ao seu campeonato terceiro campeonato, voltou a boca do povo, já que a sua gravação original, na voz de Dominguinhos do Estácio, é tema de abertura, da novela "Lado a lado", da Globo.

– A Imperatriz com certeza não tem a gama de torcidas que outras escolas tem e tocar em uma novela, sem a preocupação com o retorno de audiência, apenas pela poesia do samba, pra mim, principalmente, é relembrar um dos melhores momentos meus na escola. Ajudei a escolher esse samba, muitos não acreditavam nesse desfile e deu tudo certo, conseguimos o campeonato e agora estamos revivendo tudo isso – disse Wagner Araújo, diretor de carnaval da Imperatriz, ao CARNAVALESCO.

Os compositores, Preto Jóia, Vicentinho, Jurandir e Niltinho Tristeza, receberam uma homenagem da agremiação, durante a eliminatória de samba-enredo, neste domingo, aonde ganharam das mãos do diretor de carnaval da escola, Wagner Araújo, uma placa comemorativa e também cantaram o samba, junto com Dominguinhos do Estácio.

– Para nós é um momento de grande satisfação ser homenageado pela Imperatriz Leopoldinense, depois de 23 anos, pela feitura desse samba. É um momento maravilhoso, um momento inédito ver esse samba-enredo na novela "Lado a Lado". Muito obrigado, primeiramente a Deus, muito obrigado a todos que acreditaram nessa obra. Agradecer aos meus parceiros, Vicentinho, Jurandir e o Niltinho Tristeza, por essa obra que ficou imortalizada e jamais será esquecida – delcarou Preto Jóia.

Comente: