Concorrente Império Serrano: Chupeta e parceiros

AUTORES: Chupeta, Lúcio Moraes e Jorge Cuíca
INTÉRPRETE: DANIEL SILVA

BROTEI DAS ENTRANHAS DESSE CHÃO
EM DOZE FONTES, SOU A SEIVA DA VIDA
MEDICINA ENTRE JARDINS
CURA PRA VIDA, ASSIM EU NASCI
FOI POSEIDON, É FATO OU LENDA
LÁ NA MANTIQUEIRA ME FEZ BORBULHAR
FLUINDO DO SOLO, SOU LUZ DO INFINITO
FONTE DE ADORAÇÃO
E A MINHA RIQUEZA SE FAZ ESCOAR
EM VERSOS QUE VÃO DESAGUAR

FIRMA O BATUQUE, BATE O TAMBOR É "CACHA MUMBU"
A LUA BRILHA COM A POESIA, VEM JONGUEAR
JONGA NA GINGA QUE O MESTRE ENSINOU
E DEIXA MINHAS ÁGUAS TE LEVAR

VAI SEGUINDO A PROCISSÃO
A FÉ SE ALASTRA COM O POVO EM COMUNHÃO
BARÃO DAS ÁGUAS FEZ A SUA HISTÓRIA
UM PIONEIRO NA VIVA MEMÓRIA
SALVE NHÁ CHICA IDOLATRADA MILAGREIRA
NA ERA VARGAS O PODER TANTO GLAMOUR
A MINHA ESSÊNCIA FLUIA EM CACHAMBU
DOCE ISABEL A HEROÍNA, GRAÇA ALCANÇADA MISSÃO DIVINA
E DA SINFONIA HOJE A ENTOAR
MINA MEUS VERSOS PRA SERRINHA TE ENCANTAR

CHEGOU MEU IMPÉRIO, PATENTE DE BAMBAS
A FONTE DO SAMBA QUE VAI EMANAR
A JÓIA RARA DA COROA IMPERIAL
O TEU DESTINO É BRILHAR NO CARNAVAL