Concorrente Mangueira 2012 – Samba 67-D

Intérprete: Diego Nicolau

Samba 67-D

O MAR ME TROUXE A COR
DE UM SONHO ACORDEI, NOS PÉS DA LADEIRA
MEU SURDO UM DESPERTOU, O BATUQUE ECOOU
E EU FUI PRA MANGUEIRA!
LEMBRAR DAS BATALHAS COM ÁGUA E LIMÃO
PELA CIATA D`OXUM VOU LOUVAR
RANCHOS DE RARA BELEZA PRA ESPANTAR A TRISTEZA
O RIO DE JANEIRO ERA FOLIA
O SOM DAS RUAS REVELAVA A PAIXÃO
ALEGRE, CAMINHANDO PELA HISTÓRIA
EU PUDE ENGANAR A SOLIDÃO
 
CANTANDO EU ENCONTREI
A MANGUEIRA BRINCANDO NOS CORDÕES
ENFEITANDO OS SALÕES DE VERDE E ROSA
AGORA EU SOU DA PRIMEIRA ESTAÇÃO
 
VOU BATER O MEU TAMBOR COM O FUNDO DE QUINTAL
ATÉ O BAFO DA ONÇA VEM DESFILAR NESSE MEU CARNAVAL
E O NOSSO CACIQUE DE RAMOS INVADE A AVENIDA
AO VER O SAMBA PASSAR
TODA A NAÇÃO SE ENCANTOU
QUANDO O CHÃO REFLETIU A MISTURA DE CORES
EM MEU CORAÇÃO EU LEVO A NOSSA BANDEIRA
O CÉU É A TAMARINEIRA QUE COBRE ESSA GENTE A CANTAR
 
VOU FESTEJAR PORQUE SOU MANGUEIRA
O POVO É QUEM VAI ME LEVAR
PRA REVIVER A EMOÇÃO
SAMBANDO EU VOU CACIQUEAR