Concorrente Mangueira 2012 – Samba 81-B

Samba 81-B

O Cacique chegou
Nessa onda que eu vou
Vai ter festa na aldeia
E a comunidade bronzeada quer mostrar que a Mangueira faz samba pra sambar

Não tem paetê, nem lingerie, nem purpurina
Mas tem muito axé e samba no pé, sou raiz da Leopoldina
Cinquentão sarado e com muita empolgação
A magia da folia quando chega na Avenida alucina a multidão
É difícil descrever quem não é Cacique tem vontade de ser
Sou Cacique, sou Mangueira
Com meu surdo de primeira eu quero brincar com você

Vou festejar só vou parar na quarta-feira
Vou caciquear com a Estação Primeira
Se sentir saudade não venha me procurar
Hoje eu quero me acabar e quem quiser que sofra em meu lugar

A tia prepara a mesa e a sobremesa para degustar
A tribo afina a viola
Rateia a gelada
Pra remandiola no improviso versar
Na sombra da tamarineira o samba rola a noite inteira
Pode chegar quem quiser
Tem cerva gelada, pagode e mulher
Só maluco é que não quer