Concorrente Portela: SÉRGIO DA BOINA, RICARDO PINTO E MARQUINHO IMPERADOR

 

 

AUTORES: SÉRGIO DA BOINA, RICARDO PINTO E MARQUINHO IMPERADOR
INTÉRPRETE: VÍTOR CUNHA

 

SOB FORTE EMOÇÃO
CONDUZI MINHA VIOLA
AO CAMINHO DA HISTÓRIA
POR ONDE MEU CORAÇÃO SE DEIXOU LEVAR
ENGENHOS E FAZENDAS
RECANTOS DE FÉ E ESPERANÇA
O POVO CANTA E NO COMPASSO DA DANÇA
LOUVANDO OS SANTOS E ORIXÁS
CAMINHO DE TROPEIROS E IMPERADORES
MARCADO POR TRABALHO E SUOR
PELOS TRILHOS DE FATO A EVOLUÇÃO
IMIGRANTES, TRANSPORTE, COMÉRCIO FORTE, MERCADÃO

 

É HORA DE CURTIR AMOR…
UM BAILE CHARME, FUTEBOL OU GAFIEIRA
TEM JONGO, SAMBA E PAGODE
E NO TEATRO A VEDETE PIONEIRA

 

A IRREVERÊNCIA CONTAGIA
NAS RUAS, CORETOS E SALÕES
SONHOS E FANTASIAS
BANDAS E BLOCOS EMBALANDO MULTIDÕES
A MAJESTADE DO SAMBA E A COROA IMPERIAL
DESTACAM A NOBREZA DO NOSSO CARNAVAL
E NO TREM DOSAMBA EU VOU COMEMORAR…
NESTE CLIMA ENVOLVENTE ATÉ O DIA CLAREAR
TODO ESSE LEGADO EXPLICA E REVELA
A MAGIA QUE ENCANTA E O MEU AMOR PELA PORTELA

 

FONTE DE INSPIRAÇÃO, QUA AO POETA ILUMINA
ESSA GENTE QUE GINGA, TEM MANIA DE AMAR
MADUREIRA É ASSIM, CELEIRO DE BAMBAS
CAPITAL DO SAMBA, UM DOCE LUGAR