Concorrente Salgueiro 2012 – Samba 17

 

Compositores: Antônio Gonzaga, Marcio Souto, Gilca Soares e Jé Ferreira
Interprete: Marcio Souto

No cordel do Salgueiro tem batuque arretado
Abra o seu coração branco e encarnado
Tem artistas do povo, samba e fantasia
Salve os poetas da Academia

Vem pode se achegar
Nessa onda que eu vou com meu salgueiro
Cantando a cultura popular
Meus versos vão encantar o mundo inteiro
Nas feiras… as palavras de um trovador
Com suas rimas o povo criou a tradição
Um mar de poesia o cordel foi cruzar
Chegou no meu sertão ao voar
Nas asas de um lindo pavão

E veio rei, veio duquesa
Trazendo toda a realeza
Ao som da viola, no sol desse chão
A princesinha se encantou com lampião

A fé que me move é inspiração
Que guia meu destino
Padim, a sua proteção
Me salvou desse cão dos desatinos
Carrego um amor em meu peito sempre
Na passarela versarei em oração
Nossa Senhora dá-me luz nessa folia
E livrai-me nesse dia de qualquer assombração
A coroação é a festa do samba
Hoje o poeta canta e desfila feliz
Pois ser diferente já faz parte da gente
É viajar num repente
Sem nunca abandonar sua raiz