Concorrentes Mocidade 2012 – Samba 22

 

Autores: Canjerê, Da Paixão, Piririco, Floriano Silva & Marcio Abreu
INTÉRPRETE: ROGER DA FAZENDA

Numa explosão de cores
A arte chega na avenida
Pintando a história para emoldurar
Cinquenta anos de memória
Cândido Portinari viemos celebrar

A sua estrela brilhou
E ao mundo viajou, para tantas homenagens
De origem humilde a vida fez acontecer
Da cidade de Brodoswki, a terra da garoa viu nascer
Este professor, legislador que a todos conquistou
Chegando ao Rio de Janeiro, belas paisagens, que emoção!!!
Mãe Natureza, foi a fonte de inspiração

Num dilúvio de amor e alegria
Eu vou balançar
Faço traços em verde e branco
O som da bateria veio me contagiar

Ilustrou "Dom Quixote", em uma era
"O café" expressou a força da terra
Com "guerra e paz" no exterior se consagrou
O notável, assinou a quem solicitou
Enamorando uma sulamericana
O amor floresceu, o enlace então aconteceu
O que coloria a sua arte não foi fatal
Foi a matéria prima pra te fazer imortal

Hoje as baianas giram
Os passistas pintam o chão
A Mocidade assina esta obra
E Independente agradece a aclamação