Concorrentes Vila Isabel 2012 – Samba 02

 

AUTORES: MART'NÁLIA, CARLINHOS PETISCO, JORGE AGRIÃO, SERGINHO 20 E RAONI VENTAPANE

INTÉRPRETE: GILSINHO

VAI ECOAR, MEU CANTAR LAMENTO NEGRO NO CÉU
MINHA EMOÇÃO JÁ VIA DESFILAR NA NOSSA VOZ QUE É A VILA ISABEL
UM DIA TUDO SE MISTUROU, SURGIU A ESPÉCIE EM MANANCIAIS
A NEGRITUDE SE ENRAIZOOU NO BERÇO E COLO DOS ANCESTRAIS
E AGORA TUA LUA DIVINA ILUMINA O GUERREIRO
NO QUILOMBO ELE FOI TEU FIEL ESCUDEIRO
LÁ NO NDONGO E MATAMBA NÃO FOI TUDO EM VÃO
NUM SOPRO DE VIDA NASCIA UM NOVO IDEAL

A GUERREIRA RAINHA…LUTOU
PRO SEU POVO NJINGA…AMOR
COM SUA SABEDORIA A MÃE NEGRA SE ETERNIZAVA
CUMPRIU SUA MISSÃO SEM SER ESCRAVA

MAS CHEGAR AO CAIS MARCOU DEMAIS NO PEITO
MESMO SENDO RENOMEADO, BATISMO, CATEQUIZADO RESPEITO
FOI UM TAL MARQUES QUE ERA UM PORTUGUÊS
PENSOU QUE JÁ ESTAVA NUMA BOA
E A BRISA DE LUANDA HOJE É A GAMBOA
NO CORAÇÃO, REI E RAINHA PARA COROAR
E O DIVINO FORAM CELEBRAR IRMÃO FESTEIRO NA MEMÓRIA
MAS O BARBEIRO FOI VIOLEIRO QUE O RIO OUVIU
BATUQUE DANÇA NOVA FLOR SE ABRIU
E LÁ NA CASA DA TIA CIATA, UM SAMBA
EU TENHO ORGULHO DA MINHA ESCOLA
MARTINHO CAMARADA DE ANGOLA SEU CANTO LIVRE ECOOU

A VILA COM RAÇA, EM DIA DE GRAÇA
SEU MANTO É PURA RAIZ
ENCANTA A MASSA E HOJE CONGRAÇA
SÓ ELA ME FAZ FELIZ

LÊÊÊÊÊÊ LÊ LÊ LÊ LÊ LÊ LÊ LÊ LÊ LÊ LÁ É SEMBA
LÊÊÊÊÊÊ LÊ LÊ LÊ LÊ LÊ LÊ LÊ LÊ LÊ LÁ É SAMBA