Confira a análise cabine a cabine de jurados do desfile da Portela

 

 

Cabine 1 (Por João Santoro)

A Comissão de Frente fez uma coreografia simples, o destaque ficou para o tripé que foi uma grande águia que serviu de base para os componentes. O casal fez uma coreografia limpa. O Mestre-Sala fez jus a aposta da escola, com uma dança e bailado perfeito. A harmonia da escola foi perfeita no módulo, assim como a evolução. As alegorias contaram bem o enredo mas ficou faltando um cuidado melhor com os acabamentos. Fantasias de fácil leitural, mas oscilou começando bem e caindo da metade para o final.

Cabine 2 (Por Daniel Guimarães)

Comissão de Frente e Mestre-Sala e Porta Bandeira com apresentação correta. Harmonia impecável, com as alas cantando com muita força todo o samba. Samba Enredo rendeu muito bem no desfile. Alegorias grandiosas e de bom gosto. A iluminação do carro "Palácio Monroe" foi primorosa. Fantasias muito boas e transmitindo muito bem o Enredo. O material utilizado para representar as pipocas na fantasia da ala "Pipoqueiros, o petisco da praça" era extremamente criativa e obteve ótimo resultado visual. Evolução excelente, sendo constante durante todo o desfile.

Cabine 3 (Por Geissa Evaristo)

A Comissão de Frente chegou ao módulo com 21 minutos de desfile. Com uma coreografia recheada de informações se tornou confusa, talvez porque todos os personagens estivessem vestidos na cor azul, se confundindo entre si. A águia do tripé chamou mais a atenção. O público aplaudiu quando ao final da apresentação uma bailarina foi erguida se transformando na águia da Portela. O abre-alas trouxe novamente o símbolo da agremiação, com o seu tradicional som. Várias outras águias foram vistas nesta alegoria intitulada "Um mar de Portela". O que também chamou atenção neste carro foi a iluminação. A apresentação do primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira levantou o público.

No conjunto de fantasias e adereços a agremiação não sofreu com problemas de acabamento em nenhuma ala. Nas alegorias, o quinto carro estava com os refletores dos dois últimos queijos da esquerda apagados e com pedaços de ferro à mostra em diversas partes do chão e no carro 7 as lâmpadas dos castiçais a frente do carro estavam apagados, assim como muitas velas das laterais direita. Já o tripé "Desperta o Gigante" foi o ápice do desfile com a reação do público que aplaudiu e gritou bastante quando ele se levantou. Já no canto, a Portela mandou o seu recado com raça. Também foi visto portelenses emocionados em toda a extenção do desfile que terminou frente ao módulo três com 1 hora e dois minutos.

Cabine 4 (Por Guilherme Ayupp)

Casal não se apresentou com perfeição, apesar da sincronia entre eles. A bandeira não se esticou completamente. A comissão chamou mais atenção pela águia e fez uma apresentação um tanto quanto confusa. Canto forte do início ao fim. Algumas alas passaram aceleradas e a ala de passistas deixou alguns claros no momento da entrada da bateria no recuo.

Comente: