Confira a sinopse da Unidos de Vila Santa Tereza

A Unidos da Vila Santa Tereza definiu o enredo que levará para a Marques de Sapucaí no Carnaval 2012. Na noite desta quarta-feira os carnavalescos Raphael Torres e Alexandre Rangel apresentaram o enredo “A Vila na magia dos brinquedos”, quando escola apresentará na avenida o universo dos brinquedos infantis.

No dia 13 de agosto, a partir das 10h, os carnavalescos estarão na quadra para tirar as dúvidas da ala de compositores da escola que é aberta a todos os interessados. Os sambas devem ser entregues até o dia 08 de setembro e a disputa terá início no dia 16 de setembro, a partir das 23h.

Fundada em 1956, a Unidos da Vila Santa Tereza retorna a Marquês de Sapucaí depois de 19 anos. No Carnaval 2012, a agremiação será a primeira escola desfilar na terça-feira de carnaval, pelo Grupo de Acesso B. Sua quadra de ensaios fica na Rua Ururaí, 365 – Coelho Neto.

Confira a sinopse da Unidos da Vila Santa Tereza para o Carnaval 2012…

A Vila na magia dos brinquedos

Justificativa do enredo

Quão fascinante é o universo dos brinquedos! Bonecas, soldadinhos de chumbo, bonecos super-heróis, pipas, jogos de tabuleiro, vídeo games… Quem é que um dia já não teve um ou que simplesmente daria tudo para tê-lo?
Os brinquedos carregam em si o signo da fantasia que povoa os bons tempos de criança. E mesmo depois de adulto, onde o brincar já não tem mais a importância de antes, é impossível não se sentir atraído e encantado por eles. O ato de brincar completa o mundo mágico infantil, pois é uma das principais formas de autodescoberta e vivência da própria criança, partindo da percepção de seus limites e de suas possibilidades, explorando seu ambiente através de suas brincadeiras de uma maneira saudável e produtiva, contribuindo assim para a integração de suas primeiras experiências culturais.

Fábrica de Sonhos
A fábrica de sonhos se abre e o Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos da Vila Santa Tereza te convida a entrar e conhecer o fantástico universo de magia do mundo dos brinquedos, onde as brincadeiras ganham vida para despertar a criança que existe em cada um de nós na grande aventura de brincar no mundo do faz de conta.
Cavalos alados te conduzem a uma incrível e fantástica viagem nas dependências da fábrica de brinquedos, a conhecer o mundo de encanto e magia dos brinquedos e das brincadeiras, onde sonhos se tornam realidade no mundo de fantasias.
 
O despertar da vida
É Desde pequeno que nós aprendemos a gostar de brincar. No mundo onde tudo é novidade e magia, a imaginação viaja na nossa própria realidade de desejos, sonhos e fantasias.
Objetos voadores (móbiles) nos distraem e nos fazem dormir, sons divertidos (chocalhos) chamam nossa atenção, blocos coloridos de montar nos ensinam a construir, bichinhos de pelúcia e bonecas de pano nos fazem companhia pelo longo período de nossas vidas, caixinha de surpresa nos faz ficar curiosos. Quem seria capaz de adivinhar o que há no seu conteúdo? É assim que começamos a compreender o significado do brinquedo e das brincadeiras no cotidiano infantil.
 

Um mundo a conquistar

Vivenciando e explorando o mundo dos brinquedos e descobrindo a diversidade das brincadeiras que nos encantam e nos fazem felizes. Estas atividades estão na gênese do pensamento, da descoberta de si mesmo, da possibilidade de experimentar novas situações, de criar, de aprender e de ressignificar a própria realidade.
Bolas, carrinhos, ioiôs, piões… Super-heróis, marionetes… Quantos brinquedos mais fazem brilhar os olhinhos dos pequenos? Aliás, o ingrediente mais importante desses brinquedos está na imensidão que surge por trás de um olhar de criança, cheio de personagens e mundo-imaginário. Não precisa mais nada e a magia já acontece.

O jogo da vida
O jogo da vida começa desde pequeno quando começamos a entender um conjunto de regras e significações próprias do ato de brincar ou jogar.
Para muitos a brincadeira e os jogos servem como simples forma de passatempo e entretenimento, porém cada vez mais se tem reconhecido a importância do lúdico como ferramenta facilitadora no processo de aprendizagem. Quebra cabeça, dominó, baralho, jogos de tabuleiro, jogo de botão (Ah, que saudade da disputa emocionante dos jogos! “Sou o melhor!” “Meu time é o bom!” “Sou o rei dos campos de botão!”) e jogos eletrônicos. Há uma infinidade de jogos e brincadeiras que ultrapassaram o tempo e permanecem vivos até hoje na memória de todos nós.                
 
Carnavalescos: Raphael Torres e Alexandre Rangel
Revisão de texto: Jorge Luiz