Confira análise do desfile do Tuiuti cabine a cabine de jurados

Cabine 1 – Por João Santoro

Comissão de frente e casal passaram sem problemas, inclusive com os julgadores se levantando para aplaudirem. Harmonia da escola poderia ter sido melhor, não teve um canto por completo das alas, principalmente do setor 2 da escola. Alegorias bem trabalhadas, mas o carro 2 não estava iluminado como um todo, apenas a parte da frente. Ainda na alegoria 2, a saia da frente caiu, mas não comprometeu. As fantasias estavam com fácil leitura.

Cabine 2 – Por Vitor Rangel

A Comissão de Frente arrancou aplausos de jurados e público em sua passagem pela segunda cabine. O casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira fez uma apresentação segura, sem se comprometer e cometer erros.

O canto da escola foi ponto forte do desfile. Destque para as alas "Maracatu, "Grandes Conquistas", "Kizombeiros de 1988" e "Kizombeiros de 2014", que gritavam o samba. Entre as alegorias, destaque para a terceira, "Terra de Adornos Celestes", que levantou o público pela beleza da alegoria e empolgação dos integrantes da mesma.

A Tuiuti evoluiu bem diante do segundo módulo de jurados, sem correr ou ter problemas entre as alas.

Cabine 3 – Por Guilherme Alves

A escola chegou ao módulo aos 19 minutos de desfile com uma comissão de frente de muito bom gosto na coreografia e na fantasia. O primeiro casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira fizeram uma performance graciosa com uma coreografia dentro do enredo.

O Abre Alas acoplado, veio grande e muito bem acabado. Uma lâmpada no final do carro caiu e começou a sair fumaça porém sem fogo.

Uma das baianas veio com bolsa pessoal aparente e as alas após o segundo casal passaram grudadas.

O queijo da lateral direita no final do terceiro carro quase caiu, tendo que ser segurado por muitos homens

A escola acabou seu desfile aos 41 minutos, com as alas cantando muito e contagiando o público. 

Cabine 4 – Por Daniel Guimarães

Comissão de Frente passou muito bem, sem falhas, chegando a quarta cabine aos 26 minutos de desfile.

Casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira usando uma bela fantasia também se apresentou muito bem.

Harmonia excelente. Todas as alas cantando a plenos pulmões, sobretudo as alas 3 e 8. 

O samba enredo, que é um clássico da história do carnaval, foi um dos destaques do desfile, animando também as arquibancadas.

A escola veio muito bem fantasiada, facilitando a leitura do enredo. Se destacaram as fantasias das alas 13 e 18.

As Alegorias apesar de simples, eram de bom gosto e com bons acabamentos. O único problema foi um dos queijos do lado direito da terceira Alegoria que balançava muito, deixando a equipe de bombeiros alerta.