Construção da Cidade do Samba 2 segue uma fantasia para escolas da Série A

Na festa de lançamento do CD da Série A para 2016, realizada na noite desta terça-feira, no Centro Cultural Ação da Cidadania, na Gamboa, o presidente Déo Pessoa, da Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Lierj) conversou com o site CARNAVALESCO sobre algumas pendências importantes para os sambistas. Uma delas é a previsão da tão esperada Cidade de Samba 2, onde ficarão os barracões da série A. Por enquanto, a cidade ficará só no campo da fantasia.

– Ainda não sabemos sobre a Cidade de Samba 2. Estamos aguardando a posição da prefeitura, tivemos uma reunião recente, e eles ficaram de dar a resposta para gente – diz o presidente.

Sobre possíveis mudanças para o regulamento do Carnaval 2016, Déo disse que praticamente nada irá se alterar. – Poucas coisas, mínimas. Não interfere em nada não. Bem básico mesmo. A principal mudança mesmo foi no horário de início do desfile ( em 2015, o desfile do Grupo Especial teve seu início às 21h, já em 2016, o horário mudou para 22h05).

Questionado sobre a questão da subvenção da prefeitura para escolas, o presidente espera uma decisão do poder público, que por enquanto, não deu nenhum parecer para as escolas da Série A. – Ainda estamos aguardando também. Assim como foi prometido para o Especial, estamos aguardando para nós – finaliza.