Coreógrafa da Tijuca diz que seu futuro está indefinido

 

 

Depois de causar frisson na Sapucaí mais uma vez com a comissão de frente da Tijuca, o casal de coreógrafos Rodrigo e Priscilla Motta convive com o assédio de outras agremiações que querem tentar tirá-los da atual campeã do carnaval. Priscilla conversou com a reportagem do CARNAVALESCO e garantiu que nada de oficial existe. – Estamos focados em nossa temporada no Theatro Municipal que vai até o dia 30 de março. Até lá nem pensarei nisso – disse Priscilla, que estaria sendo pretendida pela Grande Rio.

Priscilla, entretanto, não desmentiu e nem garantiu sua permanência na Unidos da Tijuca. – Somos muito gratos ao presidente Fernando Horta, que nos deu a primeira oportunidade. O Carnaval 2014 é página virada e vamos buscar colocar as nossas ideias em prática. Mas até o dia 30 de março somos da Unidos da Tijuca – disse.

A coreógrafa aproveitou para desejar boa sorte a Paulo Barros em sua nova empreitada na Mocidade. – Fizemos grandes trabalhos juntos. Paulo é um amigo querido e só tenho a desejar a ele todo sucesso nessa nova caminhada – afirmou. Os coreógrafos e Paulo Barros produziram as comissões mais premiadas do carnaval recente, a principal delas a histórica mudança de roupas de 2010 no enredo "É Segredo".

Comente: