Cotada como uma das favoritas, Estácio de Sá não sente peso, diz carnavalesco

 

 

Afastada do Grupo Especial desde o Carnaval 2007, a Estácio de Sá vem sendo apontada pelas "bolsas de apostas do samba" como uma das principais favoritas para retornar à elite no Carnaval 2015. O carnavalesco Jack Vasconcelos, que recebeu a reportagem do CARNAVALESCO, no barracão da escola diz que a agremiação não vai sentir este peso no desfile. – Isso não nos incomoda nem um pouco. A Estácio é uma escola bacana, tradicional e tem uma comunidade forte. Talvez por isso as pessoas nos apontem com este favoritismo todo – disse Jack.

Para 2014 a agremiação irá retratar a evolução da Zona Portuária, abordando inclusive as obras do Porto Maravilha, que tantas transformações estão levando para aquela região. Jack Vasconcelos afirma que o enredo não poderia ser mais oportuno. – As obras estão acontecendo aqui na porta do nosso barracão. A diretoria me indicou este tema e eu prontamente aceitei, afirmou o profissional que vai desenvolver o enredo "Um Rio à beira-mar: ventos do passado em direção ao futuro".

O primeiro setor do desfile da Estácio vai falar sobre a Baía de Guanabara e o vento que sopra do mar, como diz a letra do samba, e traz as primeiras transformações da região. Em seguida no segundo setor o enredo traz o Rio de Janeiro colonial, com a chegada da família real ao Brasil em 1808 e a abertura dos portos.

A partir do terceiro setor do desfile estaciano o que se verá na avenida é a presença da cultura negra na região, com o surgimento do samba na Pedra do Sal. – Fechamos esta parte do desfile com a construção do Porto por Pereira Passos, uma das primeiras grandes transformações que aconteceram no Rio – explica Jack Vasconcelos.

Para fechar o desfile da Estácio serão contados os acontecimentos mais recentes da Zona Portuária, como a degradação que vem atingindo aquela área há muitos anos, bem como as obras atuais que buscam revitalizar o local. – É uma região que ficou esquecida, mas abordaremos isso ludicamente, afirmou Jack Vasconcelos. Neste setor a Praça Mauá vai ser o palco da grande transformação que vem sendo feita ali, com o surgimento do Museu de Arte do Rio (MAR) e o Museu do Amanhã.

A Estácio sonha com o título da Série A para retornar ao Grupo Especial, onde foi a grande campeã em 1992, sendo a 6ª escola a desfilar no sábado de carnaval de 2014.   

Comente: