Cubango desiste do enredo sobre Friburgo e parte para tema autoral

novo_presidente_cubangoA Acadêmicos do Cubango conseguiu uma boa colocação para desfilar no Carnaval de 2018: ela será a quinta a passar pela Sapucaí, no sábado, dia mais cobiçado pelas escolas da Série A. O recém eleito presidente, Rogério Belisário, comemorou a colocação e adiantou que a escola não seguirá com o enredo anunciado pela diretoria anterior. No próximo dia 26, ele pretende apresentar a equipe que o acompanhará na confecção do Carnaval 2018.

– Estamos buscando um enredo que tenha a cara da escola. A nossa equipe está praticamente formada faltam alguns detalhes. A gente não vai apresentar mais esse enredo (Friburgo) que havia sido proposto pela outra diretoria. Estamos mapeando outro tipo de enredo que seja a cara da nossa escola. Vamos apresentar no dia 26 de maio e aí a gente anuncia tudo de uma vez só – adiantou.

Ao final do sorteio o presidente não conseguia disfarçar a felicidade em ter conseguido desfilar no dia mais cobiçado pelas agremiações.

– Melhor seria impossível, demos sorte. O trabalho está bem acelerado, minha equipe é ótima. A comunidade lançou mão de tudo e está nos ajudando. Estamos trabalhando em cima dos nossos erros passados, estamos eliminando esses erros e propondo mais coisas melhores – promete o presidente que pensa em fazer carnaval para reerguer a escola.

– A princípio pensamos em voltar numa posição melhor, mas a gente não sabe o que vem pela frente, de repente a gente vai disputar até o título, quem sabe? A proposta é essa, mas a gente tem que respeitar as outras escolas… A Viradouro, por exemplo, é uma escola absolutamente forte, as outras que estão no mesmo grupo que vamos desfilar são fortes também e temos que respeitar, lá dentro é que vamos resolver esse problema.

Gabriel Haddad, carnavalesco da agremiação, ao lado de Leonardo Bora, também comemorou a colocação alcançada pela escola.

– O quinto lugar de sábado acho que é uma posição que muita gente queria, é maravilhosa. Como as escolas de número ímpar desfilam do lado dos correios é uma posição incrível para a armação de alegorias. A gente consegue subir todas as talhas, tudo que a gente tem antes de começar o desfile, a gente tem 1h20 pra subir todos os equipamentos que a gente tem. Pra gente essa posição foi maravilhosa, pegar esse finalzinho do sábado, do carnaval… Fiquei bastante feliz com a posição – revelou o carnavalesco que pretende trazer a comunidade novamente mais pra perto da agremiação.

– Primeiro conseguir trazer a comunidade de volta pra escola, realizar ensaios na quadra… Eventos que tragam as pessoas que trabalham, que desfilam pela Cubango pra quadra, que são felizes na escola permanecer e quem tinha deixado de desfilar, voltar a desfilar pela escola. Eu e Leonardo com tudo o que a gente passou, acho que vamos dar nosso melhor para a escola, apresentar um trabalho super legal, algo que se destaque tanto para a comunidade quanto no desfile oficial – pontuou.