Depois de quatro anos, Anderson Paz deixa o carro de som da Porto da Pedra

portodapedra_desfile_2017_086

Terminou um casamento que durou os últimos quatro carnavais entre o intérprete Anderson Paz e a Unidos do Porto da Pedra. O cantor chegou à agremiação em 2013 para o desfile do ano seguinte mas não permanece para 2018. A escola já perdeu também o casal de mestre-sala e porta-bandeira, Marlon Lamar e Lucinha Nobre, para a Portela.

Em entrevista concedida à reportagem do CARNAVALESCO, Anderson Paz revelou surpresa com a decisão da agremiação que segundo ele não encontra condições financeiras de mantê-lo como seu intérprete oficial.

– Recebi com certa surpresa essa decisão da escola, que cumpriu comigo todos os seus compromissos. Soube de minha saída pelo filho do presidente que alegou a incapacidade financeira da Porto da Pedra em me manter como cantor da escola. Agradeço à comunidade de São Gonçalo que tão bem me acolheu nesses últimos quatro anos. Estou à disposição para contribuir com minha voz em uma outra agremiação a partir de agora – declarou Anderson Paz.

A Unidos do Porto da Pedra terminou na quinta colocação com o enredo ‘Abram alas que as marchinhas vão passar. Porto da Pedra vai ganhar seu coração’. No julgamento oficial da Lierj o carro de som da Porto da Pedra alcançou a nota máxima dos jurados em harmonia.