Em busca do título inédito, Inocentes faz o maior investimento de sua história

Agremiação mais nova do Grupo de Acesso, a Inocentes de Belford Roxo prepara o maior voo de sua história: chegar, pela primeira vez, ao Grupo Especial. Em entrevista ao CARNAVALESCO, o presidente Reginaldo Gomes adiantou que a escola prepara um desfile grandioso, orçado em R$ 1 milhão e 800 mil.

– As prefeituras de Corumbá, Belford Roxo e algumas empresas estão nos apoiando. O investimento é pesado e o nosso barracão comprova isso. Eu peço a você o seguinte: veja o trabalho que está sendo feito no barracão e me diga. O trabalho está adiantado. Mas eu queria que o CARNAVALESCO fosse lá, visse e avaliasse o trabalho, até para não parecer que é presunção, arrogância da minha parte. E depois do desempenho no ensaio técnico do último sábado, da forma como a escola cantou, ficou ainda mais claro que a Inocentes vem para disputar o título – confia o dirigente.

Além do barracão, a Inocentes investiu na contratação de profissionais renomados, como o carnavalesco Wagner Gonçalves, que estava na Mangueira, o intérprete Thiago Brito, revelação da Caprichosos de Pilares, e o casal Marcílio Diamante e Cíntia Ribeiro.

Outro fator que aumenta a confiança do presidente é a qualidade do samba, assinado pelos compositores Cláudio Russo, Zé Glória, Fábio Costa, André Felix, Diego Tavares, Ellen Cristina e Rodrigo Leal, e que é apontado como um dos melhores do grupo.

-A gente fica muito feliz por ter um grande samba. Ainda mais porque o pessoal tem uma certa implicância com a Inocentes, principalmente porque é uma escola nova. E para fazer um  desfile campeão, que é o nosso objetivo, é importante ter um bom samba. Por isso, o samba vai ter papel fundamental no nosso desfile.

Para o carnaval de 2012, a escola de Belford Roxo traz o enredo sobre a cidade de Corumbá, que detém 60% do Pantanal Sul-Matogrossense. Reginaldo, inclusive, vê semelhanças entre as duas cidades.

– Quando acontece alguma coisa boa, a imprensa fala que é no Pantanal. Se é algo ruim, associado à tráfico ou contrabando, as pessoas dizem que é em Corumbá. E Belford Roxo tem isso também: a mídia só valoriza a violência. Se acontece algo de bom no município, a mídia diz que é na Baixada Fluminense.  Então, nós estamos felizes em defender as duas cidades na Sapucaí e mostrar que ambas tem coisas boas.

A Inocentes de Belford Roxo é a quarta escola a desfilar pelo Grupo de Acesso, no sábado de carnaval (18/02), com o enredo "Corumbá – Ópera Tupi Guaikuru", desenvolvido pelo carnavalesco Wagner Gonçalves.

Comente no espaço abaixo: