Em grande estilo, União da Ilha lança sinopse para o carnaval 2012

0 Flares 0 Flares ×

A União da Ilha é realmente um patrimônio popular do carioca. Uma escola de samba com o porte e a tradição da União não poderia ficar fora do grupo das grandes escolas do Rio de Janeiro. Mesmo depois de todos os percalços que passou no último carnaval, a comunidade insulana mostrou que tem muito samba na veia. A festa promovida pela diretoria, para o lançamento da sinopse do enredo "De Londres ao Rio: era um vez… uma Ilha…", de autoria do carnavalesco Alex de Souza, foi mais uma prova desta força.

Foto: Ricardo Almeida

A noite caiu com temperatura atípica na Cidade Maravilhosa. Os relógios marcavam cerca de 18 graus. Mesmo com o frio, a comunidade da Ilha do Governador lotou a quadra da Associação Atlética Portuguesa para prestigiar o evento. O carnavalesco Alex de Souza, que teve seu trabalho considerado como um dos melhores dos desfiles de 2011 contou com exclusividade ao CARNAVALESCO como foi o desenvolvimento da sinopse e de onde veio a ideia do enredo.

– Existe um personagem da história do Brasil que tem forte ligação com a Inglaterra. Tinha a ideia de um enredo sobre ele faz tempo. Fui a Londres duas vezes e essa brincadeira ficou martelando na minha cabeça. Descobri que o prefeito estava sondando alguma escola que aceitasse promover os Jogos Olímpicos em seu desfile. Para não ver outra agremiação utilizando uma ideia parecida com a minha, decidi mudar o enfoque e pegar o gancho das Olimpíadas para desenvolver dentro do tema original. Se a prefeitura nos ajudar será muito bem vindo. Caso isso não aconteça, vamos fazer o desfile com nossos recursos, como foi no ano passado – disse.

Foto: Vicente Almeida Foto: Vicente Almeida
Foto: Vicente Almeida Foto: Vicente Almeida

Alex aproveitou para citar alguns pontos em comum entre a União da Ilha, o bairro, onde está a escola e a sede do império britânico.

– Esse enredo da Inglaterra será tão leve como foi o de Darwin. Sem querer, fomos por um caminho que o tornou uma continuação involuntária do que foi apresentado em 2011. Existem muitas coincidências que englobam a Ilha e a Inglaterra. As cores de suas bandeiras são as mesmas, o padroeiro (São Jorge) é o mesmo, as duas localidades ficam em ilhas, o aeroporto onde o mundo vai desembaraçar para assistir aos jogos fica na Ilha do Governador, não tinha como perder uma oportunidade assim – comentou o carnavalesco.

Nem o fogo, que consumiu o barracão da agremiação, junto com Portela e Grande Rio um mês antes do carnaval, ficará de fora do desfile em 2012.

– O fogo é o símbolo maior dos Jogos Olímpicos, logo, não poderia ser deixado de lado. Foi ele que nos fez enfrentar muitas dificuldades no ano que passou. É o fogo que irá acender a Pira Olímpica. Tiramos das cinzas forças para renascer e agora, através do fogo, iremos nos esforçar para fazer um desfile ainda maior – finalizou Alex de Souza.

Foto: Vicente AlmeidaFeliz da vida por causa da conquista da Copa do Brasil pelo Vasco da Gama, na última quarta-feira, o presidente Ney Filardi distribui sorrisos e aproveitou a noite para pegar no pé do intérprete Ito Melodia, flamenguista fanático. Logo após a leitura da sinopse, comandada pelo carnavalesco da casa, o presidente pediu que o responsável pelo som tocasse o hino do Vasco e o funk que faz alusão ao “Trem-bala da Colina”, apelido do time de São Januário.

– Ito, eu gosto muito de você e te respeito, mas esse hino é especialmente para você. Isso não é nem um terço daquilo que você me fez passar nesses anos que convivemos juntos. Eu deveria pegar mais no seu pé, mas sou muito bonzinho – brincou Ney.

Após a brincadeira, o presidente fez um discurso inflamado e chamou a comunidade para brigar pelo campeonato no próximo carnaval.

– Com todo o respeito que tenho pelas nossas escolas irmãs, mas chegou a hora da União da Ilha se comportar como escola grande. Mantivemos nosso time e trouxemos alguns reforços. Temos que ter humildade, mas chegou a hora de brigar pelo título. A União da Ilha vai brigar para ser campeã do carnaval – afirmou o mandatário.

Ito Melodia confirmou a informação de que está fora da disputa de samba neste ano. Atendendo um pedido do presidente, o dono do microfone da escola irá integrar a comissão de avaliação, que irá escolher o hino da agremiação.

– O presidente me pediu para não escrever samba e entrar na disputa esse ano. O Ito está proibido de disputar samba (falou rindo). Vou ser jurado junto com o presidente, o Riquinho (mestre de bateria), o Marcio André (diretor de carnaval), o Djalma (Falcão, vice-presidente) e o pessoal da harmonia. Peço aos compositores que façam um samba com o espírito da União da Ilha, pois, depois da final estarei aqui esperando para cantar uma grande obra – disse Ito.

Foto: Vicente AlmeidaTerminadas as brincadeiras e discursos, a bateria “40 graus” de mestre Riquinho e os componentes do carro de som, comandados por Ito Melodia entoaram sambas históricos e marcantes da Tricolor Insulana. Diversos segmentos como passistas, velha-guarda, baianas e casais de mestre-sala e porta-bandeira prestigiaram o evento. A ausência da noite ficou por conta do primeiro mestre-sala, Ronaldinho, que não compareceu a festa. A porta-bandeira Verônica se apresentou junto com o segundo casal da escola.

Assista a leitura da sinopse feita pelo carnavalesco Alex de Souza:

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×