Em gravação da Unidos de Bangu para CD da Série A, cantores falam sobre ‘memes’ com o samba

bangu_gravacao_12092017dsc05864-copy

A Unidos de Bangu gravou nesta terça as bases de sua faixa no CD da Série A para o Carnaval 2018 no estúdio Visom, em São Conrado, Zona Sul do Rio de Janeiro. A vermelha e branca regressa para a Sapucaí depois de dois carnavais desfilando na Série B. O samba escolhido na grande final tem recebido elogios da crítica especializada, mas por conta de um refrão com palavras em iorubá tem sido alvo de brincadeiras na internet.

Na visão de Leandro santos, um dos intérpretes oficiais da escola, os ‘memes’ criados em cima da obra da agremiação ajudam a massificar o samba, além de valorizar a qualidade da composição vendedora. Ele falou ao CARNAVALESCO nos bastidores da gravação.

– Estou bem contente pois tivemos uma grande safra. O samba escolhido possui um refrão muito forte em iorubá. Essa coisa do meme é bacana pois chama a galera a cantar mesmo. A obra possui muita qualidade e em nem foi necessário qualquer tipo de ajuste, nem mesmo para adequação à nossa interpretação. O Cid Carvalho foi consultado com relação à letra e também não foi necessária nenhuma alteração. O samba foi gravado exatamente como foi para a disputa – descreveu.

Companheiro de Leandro no microfone da Unidos de Bangu, Thiago Britto enalteceu a gravação e a amizade que nutre com o parceiro, destacando que a escola só tem a ganhar com essa parceria, uma vez que ambos já viveram essa experiência de divisão do microfone principal.

– É até mais fácil pois nós somos amigos de muito antes da escola. Nós já conversamos sobre o que vamos fazer na gravação e tudo ficará muito bonito e quem ganha é a escola. O Leandrinho gravou a guia e eu acompanhei. Para a gravação da voz para o CD já temos tudo esquematizado de como será. A nossa dupla é pé quente e fará muito bem à escola – explica.