Especial sorteio da Série A: todas as campeãs da Lierj desfilaram no sábado de carnaval

Desde a criação da Lierj no Carnaval 2013 já foram cinco desfiles. Império da Tijuca, Viradouro, Estácio de Sá, Paraíso do Tuiuti e Império Serrano alcançaram a glória do campeonato. E um fator une essas cinco conquistas. Todas foram campeãs desfilando no sábado de carnaval, na segunda noite da Série A. Até a criação da liga as agremiações do antigo Grupo de Acesso A desfilavam apenas no sábado, já que a sexta era destinada ao desfile mirim. Nesse sentido jamais uma escola conquistou o carnaval do acesso desfilando na sexta de carnaval.

tuiuti2016Fatores que tornam a primeira noite de desfiles uma espécie de patinho feio principalmente para as agremiações favoritas. Apenas para ficar em casos recentes, em 2015 o Império Serrano foi a terceira de sexta e pegou a avenida ainda em choque depois de desastrosos desfiles de Unidos de Bangu e Em Cima da Hora. Terminou na 3ª colocação. Em 2017 foi a Unidos do Viradouro quem teve de carregar a cruz de ser a terceira de sexta e terminar com o vice-campeonato.

Tal qual ocorre no Grupo Especial, onde poucas vezes se viu uma campeã desfilando no domingo de carnaval, a sexta é um dia que as escolas buscam evitar. Primeiro campeão da Lierj em 2013, o presidente do Império da Tijuca, Tê não descarta um campeonato na primeira noite, mas explica que são muitas as vantagens de se desfilar na segunda noite.

– A diferença principal que eu considero é com relação à própria data. Por mais que o Rio seja a capital mundial do carnaval, a sexta-feira ainda é um dia útil. E mesmo hoje em dia o desfile se iniciando às 22h, a concentração das primeiras escolas é complicada por conta da distância para algumas delas. Eu não acho que isso seja determinante e quem quer ser campeão tem de estar pronto para os dois dias, mas que é uma situação complexa é – declara Tê em entrevista ao CARNAVALESCO.

Para o diretor de carnaval da Unidos do Viradouro, Dudu Falcão, outro aspecto que fazem com que as escolas tentem fugir da sexta-feira diz respeito à logística com as alegorias que no caso de se desfilar na primeira noite precisa haver a retirada na madrugada de quinta-feira.

– É complicado no aspecto logístico. Qualquer escola prefere o sábado se assim puder escolher. A retirada das alegorias é sempre um momento de tensão e na madrugada de quinta para sexta é sempre mais complicado que no dia seguinte. A região da rodoviária fica muito movimentada pelo fato de as pessoas estarem se preparando para viajar, além do fluxo de chegada. Compreendemos que o carnaval é comparativo e desta forma é mais vantajoso desfilar na segunda noite – considera.

A sorte será lançada na noite deste sábado na quadra do Império Serrano. Assim como nos anos anteriores, todas as agremiações foram divididas em chaves. Uma delas será tripla, formada pelas três primeiras colocadas que seguiram no grupo, onde uma escola será sorteada para a sexta-feira e as outras duas para o sábado. A vice-campeã, Viradouro, participará normalmente do sorteio do dia, porém, poderá escolher a posição de desfile.

Confira as chaves do sorteio:

Sossego – Santa Cruz
Inocentes de Belford Roxo – Renascer de Jacarepaguá
Porto da Pedra – Cubango
Rocinha – Império da Tijuca
Viradouro – Estácio de Sá – Unidos de Padre Miguel

Posições definidas por regulamento:

1ª de sexta-feira – Unidos de Bangu
1ª de sábado – Alegria da Zona Sul