Favo de Acari pede ajuda aos deuses para conquistar o acesso inédito

O G.R.E.S. Favo de Acari, apesar de desfilar como escola de samba há apenas três anos, já acumula dois acessos em sua curta história. Depois da ascensão ao Grupo B chegar muito perto no ano passado (a escola empatou com a Vila Santa Tereza, mas perdeu no critério de desempate e acabou como vice-campeã), a escola tenta conquistar o direito de desfilar na Sapucaí em 2012 com o enredo "A criação do mundo através dos deuses da mitologia".

Em entrevista ao CARNAVALESCO, o presidente da escola, Antonio Carlos Fogueira, afimou que não gosta de contar muitos detalhes do desfile que ainda será apresentado, mas deu algumas informações sobre o enredo e a apresentação da escola. "Não vamos falar da mitologia grega ou romana de maneira geral. Nosso foco é a criação do mundo segundo a mitologia, tanto a grega como a romana. O Favo de Acari vem com 700 componentes e dois carros alegóicos. Queremos repetir o que foi feito ano passado e ainda ter algo de diferente. Nossa escola terá muitas surpresas e esperamos fazer um desfile especial. Apesar do nosso resultado no ano passado, em 2012 está tudo zerado novamente. Temos grandes candidatas ao título, mas vamos, com humildade, buscar a vitória e o acesso", afirmou.

Ainda segundo o presidente, as fantasias estão em reta final de confecção e os carros alegóricos não estão concluídos, mas tudo vai ser feito dentro do tempo planejado. O G.R.E.S. Favo de Acari será a sétima agremiação a se apresentar na Passarela Popular do Samba no domingo de Carnaval.

Conheça a letra do samba-enredo

Autores: Leandro Moreno, Tio Carlinhos,Wander, Diego, Nathan, Dea, Luciano, Gilsinho, Turco, Paulo Samara e Alessandra

Intérpretes: Clebinho Imperatriz e Turco

O caos, abismo, escuridão
Numa grande explosão, a Gaia surgia
Lindo amor entre o céu e a terra
A natureza pode comprovar
Deus dos deuses com a divindade, Hera, a deusa maior
Netuno responsável pelo imenso mar
Passáro de fogo livre irá voar

Num abraço apaixonado, o universo surgiu
Opostos batalham, um deus emergiu, ordenando a paz
A chama do conflito não se apagará jamais

Da mesma união, Titãs
Desprezo, paterno completo
Revolta, luta e destrono
Com tirania, assume Cronos
Um novo reinado a profecia
Terá o mesmo fim que seu pai teve um dia
Por um de seus filhos, será derrotado
Devora a prole amedrontado
Zeus, pequeno Deus se criou
Zeus, de seus irmãos salvador
Mistério divino, mitologia
E a criação do mundo assim surgia

Minha paixão é você
Abelha rainha é o meu pavilhão
Sou favo, sou comunidade
E quero gritar eu sou campeão

Comente: