Fernando Horta: ”Gracyanne é mais povão”

Identificação e comprometimento com a escola. Na opinião de Fernando Horta, esses são os requisitos básicos para ocupar o posto de rainha de bateria da Unidos da Tijuca. O dirigente disse ao CARNAVALESCO o que espera de Gracyanne Barbosa, nova musa dos ritmistas da agremiação do Borel. A ex-dançarina de axé substituirá a apresentadora Adriane Galisteu, que desde 2007 reinou à frente da Pura Cadência.

– Não acredito que a comunidade vá se opor à chegada da Gracyanne. Isto geralmente não acontece na Tijuca. O fato de ela já ter sido rainha em outras escolas não influenciará. Até por que acho que ela é mais comunidade do que a Galisteu. A Gracyanne é mais povão – disse Horta.

Já para mestre Casagrande, comandante da bateria tijucana, a nova rainha já mostrou ser uma pessoa do samba.

– É uma pessoa ligada ao Carnaval. Galisteu vai fazer falta, mas foi bom para a escola. A Gracyanne já provou, pelo desempenho em outras escolas, que é do samba. Infelizmente a Adriane não esteve muito presente nos ensaios e isso acaba pesando. Ainda não conheço a Gracyanne pessoalmente, mas me parece ser uma pessoa legal – afirmou Casão que, apesar de ainda não saber a data da festa de recepção à nova rainha, adiantou que bolará uma homenagem em conjunto com os ritmistas.

Antes de chegar à Unidos da Tijuca, Gracyanne já foi rainha de bateria do Acadêmicos do Salgueiro, Estação Primeira de  Mangueira, Unidos de Vila Isabel e Paraíso do Tuiuti.

Ensaio com pagode e DJ

Quem quiser conferir os ensaios da bateria Pura Cadência da Unidos da Tijuca para o Carnaval 2012, que acontece todas as quintas-feiras, na quadra da escola, terá também outras opções de lazer. A partir das 20h, além do tradicional ensaio da bateria, os visitantes podem acompanhar um pagode  e um dj tocando todos os ritmos, inteiramente grátis.