Festa de premiação do Brilho da Série B entra para história dos desfiles da Intendente Magalhães

brilho_serieb_2017_18042017-69
Fotos: Vinicius Vasconcelos. Vídeos: Guilherme Ayupp

Uma noite para entrar na história. Foi assim a primeira edição do prêmio Brilho da Série B, realizada na Boutique e Bar Sempre Vila, nesta terça-feira, em parceria com o site CARNAVALESCO. Em seu primeiro ano, a premiação conquistou os profissionais que atuam na Intendente Magalhães, que fizeram votos de vida longa ao prêmio.

brilho_serieb_2017_18042017-21– Espero que esta premiação perdure por muitos e muitos anos. Acho importante ter um prêmio como esse porque engrandece cada vez mais o nosso espetáculo e mostra que a Intendente Magalhães tem sim carnaval, que a Liesb pode realizar bons carnavais. Torço demais pelo prêmio e espero que no ano que vem se puderem premiem as escolas do grupo C, do D, ou as campeãs de cada grupo. A festa está linda, fiquei muito feliz de poder participar, este é meu primeiro evento após assumir como presidente da Liesb e estou muito feliz. Em junho, se Deus quiser estarei aqui com vocês no Botequem do CARNAVALESCO – disse Gustavo Barros, presidente da Liesb.

A festa foi embalada, é claro, por muito samba com a presença da vitoriosa bateria da Tradição e sua rainha, Monique Rizzeto, que levou para casa o prêmio de melhor Rainha. As baianas da escola também foram eleitas as melhores da Intendente em 2017. O jovem cantor Tem-Tem Jr, já na estreia na Série B, pelo Arame de Ricardo, foi eleito Melhor Intérprete. A Vizinha Faladeira se destacou pelo Melhor Conjunto de Fantasias. A noite teve ainda a apresentação do Melhor Samba, da Unidos de Bangu. Os responsáveis pela obra dividiram o palco com o intérprete oficial da agremiação para celebrarem ainda os prêmios de Desfile Campeão, Melhor Alegoria, Melhor Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira e Melhor Comissão de Frente. A agremiação fechou a noite convidando as coirmãs para celebrarem juntas as premiações recebidas.

– Esse prêmio é algo que motiva a evolução do nosso trabalho, dos nossos desfiles. Hoje a Intendente Magalhães tem uma Série B muito competitiva e isso tem atraído as atenções de todos e um prêmio como esse só tonra maior o nosso evento e é de suma importância porque vai motivar ainda mais para que a gente possa melhorar – afirmou Hugo Jr, diretor de carnaval da Tradição.

Tem-Tem Jr teve felicidade em dobro no prêmio: Foi eleito Melhor intérprete da Série B, além de sagrar-se campeão com o samba da Unidos de Bangu.

– Vou guardar meu prêmio de Melhor Intérprete com muito carinho, só tenho a agradecer à escola (Arame de Ricardo) pela oportunidade e ao meu carro de som, sem eles não sou nada. Pelo samba, agradeço demais a todos da parceria. Como já falei, a Série B é carente de incentivo e esse prêmio engrandece o trabalho das pessoas que dão duro ali, o melhor de si. Você podem ter certeza que a partir de agora a galera vai trabalhar ainda com mais garra mais vontade, na expectativa de também ganhar esse prêmio de um site tão conceituado – disse Tem-Tem Jr.

brilho_serieb_2017_18042017-24Apesar de premiar as escolas da Série B, o prêmio fez ainda homenagens para Edson Pereira, ex-carnavalesco da Unidos de Padre Miguel, pelo brilhante trabalho na Série A e, para Tinga, intérprete da Unidos da Tijuca, que não deixou a tristeza tomar conta da escola após o acidente com o abre-alas ainda no setor 1 e comandou o desfile da agremiação com muita garra. As escolas que subiram para a Série B, Unidos das Vargens, Lins Imperial e Acadêmicos de Vigário eral, receberam as boas vindas durante a premiação.

Só tenho a agradecer ao site CARNAVALESCO por ter expandido a premiação e ter olhado para todas as escolas que desfilam na Intendentes de Magalhães. Obrigada pelo carinho – disse Jorge Torresmo, presidente da Lins Imperial.

Tinga fez questão de comparecer ao evento e agradeceu ao CARNAVALESCO e a Sempre Vila por mais uma homenagem.

– É sempre muito gratificante receber uma homenagem como essa porque indica que estamos no caminho certo. É muito importante receber um incentivo como esse. Só tenho a agradecer mais uma vez ao CARNAVALESCO – afirmou Tinga.

Empenho e dedicação

Em entrevista ao site CARNAVALESCO, Jardel Lemos, responsável pela comissão de frente da Unidos de Bangu, que levou o prêmio Brilho da Série B de 2017, agradeceu pela premiação e pontuou que a única diferença de atuar na Intendente Magalhães é o espaço físico.

– A Série B tem sido pra mim e pra muitos amigos um lugar de realmente estar voltando às origens do carnaval, porque o carnaval teve origem assim, com o carnaval de rua. Quando as escolas vão pra Sapucaí a gente acaba esquecendo um pouco essa origem porque tudo toma uma proporção maior. Hoje, fazer a Série B é muito importante porque você está muito próximo do público. Você consegue dialogar com a plateia. Acho que é importante para qualquer coreógrafo, além de ser um treinamento para chegar à Sapucaí. Fiz um caminho contrário, comecei na Sapucaí e fui pra Intendente, mas falo isso com orgulho porque é muito bom estar próximo do público, da comunidade, das pessoas que estão ali porque realmente amam o carnaval – pondera Jardel que emenda.

brilho_serieb_2017_18042017-46

brilho_serieb_2017_18042017-88– Não vejo nenhuma diferença, a não ser de estrutura física. A responsabilidade é a mesma. São 40 pontos, são 10, 12 componentes, só três a menos. A demanda de trabalho, o empenho, são iguais, são quatro jurados, quatro cabines, tem premiação. Pra mim o que difere mesmo é a questão física, porque ali você tem um espaço menor, mais estreito então tem alguns desenhos que você tem que repensar. Pra mim a diferença é só essa – enfatiza o coreógrafo.

A dupla de mestre-sala e porta-bandeira da Unidos de Bangu, Yuri e Bruna Santos, também fez bonito na Intendente, levando para casa o primeiro troféu do Brilho da Série B. Emocionados, eles brilharam mais uma vez durante a festa e falaram sobre a responsabilidade de ser a última escola a desfilar.

– Estou muito feliz com esse prêmio. É uma satisfação muito grande. Agradeço a vocês, assim como aos jurados que apesar de termos sido a última escola a passar todos mantiveram o olhar sério, prestando atenção no nosso trabalho. É muito gratificante ser prestigiada por um trabalho de um ano inteiro. Ensaiávamos sempre, até debaixo de chuva e valeu a pena – relembra a porta-bandeira Bruna, endossada por seu mestre-sala. – Estou muito feliz. Só tenho a agradecer a vocês pelo reconhecimento ao nosso trabalho e também o reconhecimento a Série B – finalizou Yuri.

Dever cumprido

brilho_serieb_2017_18042017-9O idealizador do prêmio, Jorge Arthur das Ferragens, responsável pela Sempre Vila, avaliou de forma positiva a primeira edição do Brilho da Série B e já pensa na edição de 2018.

– Gostaria de mais uma vez agradecer ao Alberto (João, editor executivo do site), ao CARNAVALESCO, nunca me canso de agradecer a vocês por acreditarem nessa parceria. Fiquei muito feliz porque conseguimos cumprir o objetivo, mostrar para as escolas da Série B que existe um prêmio que valoriza o trabalho deles – pontuou Arthur que já está com plano pro ano que vem.

– Pude conversar com o Gustavo, novo presidente da Liesb, que foi super solítico. Acho que temos tudo para crescer e ano que vem apresentar uma festa maior ainda. Estou muito feliz, maravilhado! Obrigado aos envolvidos – finalizou o idealizador da premiação.

Veja abaixo apresentações da Lins Imperial e da Vigário Geral: