Final da São Clemente terá pintores da Escola de Belas Artes registrando cenas ao vivo na quadra

A São Clemente vai conhecer neste sábado a obra campeã de seu concurso de sambas-enredo para o Carnaval 2018. Três parcerias chegam à grande final com nomes conhecidos e já campeões na agremiação. Estão na decisão do concurso os sambas das parcerias lideradas por Ricardo Góes, Cesar Ricardo e Nelson Amatuzzi. Em 2018 a preta e amarela apresenta o enredo ‘Academicamente Popular’, uma homenagem à Escola de Belas Artes, desenvolvida pelo carnavalesco Jorge Silveira.

Em entrevista concedida ao CARNAVALESCO, o presidente Renato Almeida Gomes, o Renatinho, falou da decisão de convidar compositores renomados para participar do concurso e indica que a disputa está em aberto.

sao-clemente-e-hoje

– Estou muito satisfeito com o nível dos sambas. Foram dez linhas diferentes de composição. E junto dos nossos aqui da casa. É uma final que há muitos anos não tínhamos. O samba campeão estará no nível dos grandes da história gloriosa da nossa escola, eu garanto isso – afirma Renatinho.

logo_saoclemente2018_1No que depender da adequação ao enredo qualquer um dos sambas poderá representar o desfile de Jorge Silveira. É o próprio artista quem destaca que a decisão estará nas mãos da quadra na disputa final.

– Gostei bastante da safra apresentada. Os três finalistas sempre foram os meus prediletos e estou muito feliz que eles estão nessa final. Ambos atendem à necessidade do desfile. Estamos aguardando o que a quadra dirá o que ela quer. Com relação à minha defesa de enredo todos atendem à minha proposta – afirma Jorge.

Pintores da Escola de Belas Artes registrarão cenas ao vivo

A final da São Clemente promete muitas atrações. Para entreter o público que estará presente à quadra, Renatinho convidou alguns intérpretes do carnaval e Preto Joia é uma das atrações confirmadas. Além disso, a presença de três pintores da Escola de Belas Artes, que farão pinturas de momentos diferentes na quadra durante toda a noite, promete ser uma das grandes atrações.

saoclemente_2018Jorge Silveira fala da grandiosidade do projeto da São Clemente e pondera que desde o mês de março já estava trabalhando no barracão e garante que o cronograma da escola é um dos mais avançados da Cidade do Samba.

– Entrei no barracão em março e dentro de lá passei a iniciar o processo de criação. Já estamos com metade das alas em reprodução. Duas alegorias já estão na madeira. Estamos bem adiantados. Houve um encontro. Eu vinha com vontade de fazer um carnaval grande, fisicamente mesmo. A escola foi penalizada este ano pelo volume dos carros. O projeto atende à essa necessidade e também buscar uma linguagem interativa. Serão mais dinâmicos – afirma.

As três parcerias devem ter oito passadas para se apresentar pela última vez na quadra. As duas primeiras sem bateria e o restante com bateria. A previsão de início da disputa é por volta de 01h e o anúncio não deve passar das 04h.

SERVIÇO:
Final de samba da São Clemente
Av. Presidente Vargas, 3102 – Cidade Nova
Data: 16 de setembro
Ingressos: R$ 20, componentes com carteirinha não pagam
Abertura da quadra: 21h
Apresentação dos segmentos: 00h
Apresentação dos sambas finalistas: 01h
Previsão de resultado: 04h
Forma de apresentação: Duas passadas sem bateria e seis com bateria

Como chegar:

Passam pela quadra as linhas de ônibus 402, 404, 457, 483, 486, 474, 472, 277, 292, 310, 312, 371, 327, 328, 342, 344, 375, 378, 399, 475, 136, 331, 338, 343, 352, 369, 388 e 389.
Táxi Tijuca: Cerca de R$ 25
Táxi Zona Sul: Cerca de R$ 22
Táxi Central: Cerca de R$ 12