Final da Unidos de Bangu: parceria de Thiago Martins fez ‘vaquinha’ para disputa

Por Luis Felipe Aragão

A Unidos de Bangu realiza a final de samba-enredo neste domingo no Cassino Bangu. A reportagem do CARNAVALESCO conversou com todas as parceria finalistas sobre a expectativa para a grande decisão. Confira abaixo a entrevista com o compositor Thiago Martins:

Por que seu samba merece ser o campeão?

Thiago Martins: “Meu samba merece ser campeão, pela nossa garra, nossa determinação, nos viemos enfrentando dificuldades desde do começo da disputa. Nós não somos um aparceria que temos muito dinheiro para investir no samba. Nos estamos fazendo nossa intera desde do ano passado. Cada compositor depositando um valor simbolico na conta para chegarmos até aqui com esse trabalho maravilhoso, que é o nosso samba para a Unidos de Bangu.”

Qual é a sua parte predileta do samba?

Thiago Martins: “A minha parte preferida do samba é que começa assim ‘Rainha, o povo de braços abertos te espera alegre e feliz a cantar’. Nós estamos representando nessa frase a cerimônia da coroação. Nos tempos antigos, a cerimonia da coroação do Maracatu ela era feita em uma sala,
onde somente os nobres podiam assitir a essa cerimonia. Enquanto os negros e escravos ficavam lá fora batucando,danlando e festejando a coroação dessa rainha. Então nessa parte do samba a gente quis enfatizar, quando a rainha sai da coroação dentro da sala nobre e vai para o povo que está festejando pela coroação.”

Quanto em média a parceria acha que gastará em toda disputa e o que levará par apresentação final?

Thiago Martins: “Em toda a disputa nós gastamos em torno de 12 mil reais, ja contando com os gastos da final. Vamos tentar surpreender a quadra, levando a emoção da nossa torcida, vamos tentar coroar uma negra no meio da torcida, botar essa negra num pedestal e fazer um verddeiro
cortejo dentro da quadra domingo. O resto é surpresa.”