Final do Império Serrano: parceria de Luiz Fernando diz que samba está na ponta da língua da comunidade

imperio-serrano-samba-3O samba da parceria de Luiz Fernando está com o passaporte carimbado para a grande final do Império Serrano nesta segunda-feira. Na finalíssima, os poetas pretendem fazer uma grande festa, conforme adiantou Humberto Camara, um dos autores da obra. Ele acredita que o samba reúne os atributos necessários para representar bem o Reizinho de Madureira em seu desfile no Grupo Especial em 2018.

– Merecemos ser campeões porque temos um belíssimo samba. Ele é leve, alegre, pra frente e fácil de cantar. Além de ser a cara da nossa escola – pontua o compositor.

Apaixonado pela letra e melodia, Camara aponta o refrão do meio como seu trecho predileto.

– Gosto muito da parte que fala: “Ôôô toca o gongo/ Ôôô anuncia o jongo/ No jardim sagrado tem rituais/ Reverenciando os ancestrais”. Esse trecho pra mim é o mais bonito porque fazemos uma mistura bem bacana da cultura chinesa aliada as tradições do Império Serrano. O jongo faz parte de nossa cultura e temos muito orgulho de termos o Jongo da Serrinha em nossa escola e na nossa comunidade.

Para a apresentação de hoje à noite, a parceria promete uma verdadeira festa no palco.

– Levaremos o povo da Serrinha cantando o samba na ponta da língua. Alé de muitas bandeiras, pirulito de bolas, chuva de papel verde e branco. E nosso jongo da Serrinha à frente da nossa torcida representando a nossa cultura. E nosso dragão chinês, representando a cultura chinesa. Como diz na letra do samba “O povo nas ruas festejam o dragão”