Fora do Carnaval de 2016, Lucinha Nobre aposta em carreira de jornalista

Recém-desligada do quadro de funcionários da Mocidade Independente de Padre Miguel, a porta-bandeira Lucinha Nobre não deve desfilar no Carnaval 2016. Lucinha pretende investir na carreira de jornalismo a partir de agora. Ela é a repórter institucional do Samba in Rio Festival, convidada pela idealizadora do evento, Babi Cruz. Lucinha entrevista os cantores que passam pelo Festival nos camarins e também faz a cobertura dos stands do evento. Ao CARNAVALESCO, ela contou sobre o novo ofício e sobre a saída da Mocidade Independente de Padre Miguel:

– A Babi é minha amiga há muitos anos, estou finalizando minha faculdade de jornalismo e ela achou que tinha tudo a ver, porque eu vivo dentro dessa realidade do mundo do samba e conheço muitas pessoas, então estou aqui pra somar. Surgiram convites para desfilar como porta-bandeira, mas a minha ideia é dar um tempo e focar em finalizar a faculdade e digerir como tudo aconteceu. Eu estou um pouco chocada ainda, anestesiada, foi triste.

Babi Cruz comentou sobre o convite feito a Lucinha e destacou a alegria em ver uma porta-bandeira bem sucedida fora do carnaval, assim como ela: – A Lucinha está aí, como uma vitória da classe de porta-bandeira. Tenho muita honra de ter virado Babi através da arte da dança de mestre-sala e porta-bandeira. A vida segue, a gente atua em outros setores do carnaval e do samba e busca o sucesso.