Gravação do samba da Unidos de Padre Miguel é marcada pela força de sua comunidade

A Unidos de Padre Miguel foi outra escola a gravar nesta quinta-feira a sua faixa para o CD da Série A. A escola realizou apenas uma pequena mudança na letra. O verso “Vermelha e branca a minha fantasia”, no final da segunda parte, foi modificado para “Vermelho e branco, minha fantasia”.

* CONFIRA AQUI A GALERIA DE FOTOS DA GRAVAÇÃO

Assim como na maioria das faixas, o andamento utilizado para a bateria foi de 144 bpm (batidas por minuto). Mestre Dinho, comandante dos ritmistas de Padre Miguel, ficou feliz com o resultado da gravação: – Foi nota 10. Fizemos três bossas e dois desenhos. A princípio, é o que levaremos para a Avenida. Além, é claro, de uma bossa surpresa para o desfile. Vamos fazer também uma coreografia dentro do samba, no refrão central.

O tom da gravação foi o dó. O intérprete da escola, Marquinhos Art’Samba, elogiou a obra escolhida como hino oficial da Unidos para 2016 : – Para mim, é um samba maravilhoso, um dos melhores que cantei na escola nos últimos anos. Adorei a gravação, e vai ficar ainda melhor quando eu vier gravar a voz guia. O tom que eu cantei, dó, é o ideal para que toda a comunidade possa cantar.

No fim da faixa, Marquinhos usou a expressão “Ora, pois”, em referência a um dos temas centrais do enredo, a colonização portuguesa no Brasil. Ao final da faixa, os ritmistas gritaram “Guerreiros!”, em referência ao nome da bateria, “Guerreiros da Unidos”.  Na gravação do coro, os componentes também fizeram o mesmo grito.

O diretor de carnaval, Cícero Santos, mostrou-se satisfeito com a gravação: – A avaliação que fiz foi a melhor possível. A escola ensaiou muito para estar aqui hoje. Ensaiamos na terça e na quarta. Agora vamos esperar o CD e o DVD, espero que todos gostem. Trouxemos bastante gente, vários segmentos, musa mirim, diretores de harmonia. Isso mostra a força da comunidade da escola.

Com um samba irreverente e crítico, a gravação da escola contou com um grande contingente. A agremiação levou suas baianas, passistas e casal de mestre-sala e porta-bandeira. Ao fim da gravação, a escola ofereceu caldo verde, sanduíches e refrigerante para os integrantes.